PSDB convoca reunião para debater drogas, maioridade penal e porte de armas

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, convocou todos os filiados da sigla para o Congresso Nacional da legenda que será realizado em março de 2020. A carta começou a ser enviada aos tucanos na noite desta quarta-feira (12) e o Congresso em Foco teve acesso à íntegra (leia abaixo).

> Reunião do PSDB sobre Aécio Neves teve pedido de revisão de código de ética

O movimento faz parte da intenção de reformulação do partido posta em prática desde a mudança do comando de Geraldo Alckmin para Bruno Araújo.

O atual presidente partidário quer colocar em discussão temas que o PSDB não tem se posicionado de forma clara nos últimos anos como a legalização de drogas leves, cobrança de mensalidade em universidades públicas, posse e porte armas e estabilidade dos servidores públicos.

O ex-ministro da Cidades e ex-deputado federal Bruno Araújo assumiu o comando do partido em maio uma eleição sem concorrentes e apadrinhado pelo governador de São Paulo, João Doria.

Uma tentativa de mudança patrocinada pelo governador de São Paulo foi o pedido de expulsão da legenda do deputado e ex-presidente do PSDB Aécio Neves (MG).

O que não só se mostrou fracassada como expôs publicamente o apoio que Aécio ainda tem entre seus pares tucanos.

Doria queria que expurgar os quadros tucanos envolvidos em corrupção para ganhar prestígio eleitoral nas eleições presidenciais de 2022.

> Anastasia diz que “PSDB nunca esteve em guerra”

Os áudios que transformaram Aécio em réu; transcrição detalha pagamento de R$ 2 milhões

 

Leia a íntegra da convocação de Bruno Araújo aos tucanos:

O PSDB sempre foi protagonista na sociedade brasileira por suas ideias e ações. As dificuldades dos últimos anos nos obrigam a uma maior firmeza de posicionamentos. O PSDB precisa ser novamente um partido de atitudes, posições e ações; não há espaço para hesitações.

Precisamos enfrentar esse desafio. Nos posicionar sobre os temas mais relevantes para a sociedade brasileira. É preciso ter clareza do que pensamos e como agimos.

A sociedade atual não permite mais espaço para ambiguidades. Por isso irei propor à Executiva Nacional do PSDB um Congresso para revigorar o partido. Pela primeira vez todos 1,4 milhão de filiados serão convidados a se posicionar sobre assuntos fundamentais para o Brasil. E a decisão tomada será a cara do partido.

Muitos temas serão levados ao debate e votação – serão apresentados ao longo dos meses de discussão. Votaremos questões como: 

  • Estabilidade do funcionalismo público; 
  • Redução da maioridade penal;
  • Mensalidade nas universidades públicas para alunos de alta renda; 
  • Descriminalização de drogas leves; 
  • Liberação da posse e porte de armas; 
  • Foro privilegiado das autoridades públicas;
  • Cotas sociais e/ou cotas raciais; 
  • Exploração sustentável de riquezas naturais em áreas de preservação ou indígenas; 
  • Voto facultativo; 
  • Liberalismo social como sistema econômico; 

Entre muitos outras. Maior processo de decisão já feita por um partido brasileiro, o Congresso está previsto para os dias 6 e 7 de março do próximo ano, para marcar a posição sobre essas e outras teses. Todo filiado terá direito a voto.

É o momento de ouvir, debater e decidir.
Vamos defender e abraçar com coragem as nossas ideias.

Bruno Araújo
Presidente Nacional do PSDB

2020Bruno AraújoJoão DoriaPSDB