Anastasia diz que “PSDB nunca esteve em guerra”

O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) afirmou nesta quarta-feira (28) que o "PSDB nunca esteve em guerra”.  O comentário foi após o Congresso em Foco questionar sobre a votação do PSDB que arquivou o pedido de expulsão de Aécio Neves.

Foram 30 votos a favor de Aécio e 4 contra em reunião feita pela executiva nacional tucana no dia 21 de agosto.

A tentativa de expulsão de Aécio foi patrocinada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que quer expurgar os quadros tucanos envolvidos em corrupção para ganhar prestígio eleitoral nas eleições presidenciais de 2022.

O diretório estadual do PSDB-SP entrou na terça-feira (27) com um recurso para que o pedido de expulsão de Aécio Neves do partido seja analisado pelo diretório nacional, com mais membros que a executiva tucana, instância que negou a representação contra o mineiro.

Um dos quatro votos contrários ao arquivamento da representação contra Aécio disse ao Congresso em Foco  que o recurso está previsto no regimento da sigla, mas que a decisão tomada na última quarta-feira (21) foi tomada pela ampla maioria dos presentes na reunião.

Mesmo sendo voto vencido, o tucano se mostrou resignado com o que executiva nacional do PSDB decidiu sobre o ex-governador de Minas Gerais.

Os áudios que transformaram Aécio em réu; transcrição detalha pagamento de R$ 2 milhões

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!