Protestos pró-impeachment de Dilma mobilizam país

Manifestações estão marcadas para ocorrerem em pelo menos 50 cidades. Também estão marcados atos em atos em Boston e Miami (Estados Unidos), Londres (Inglaterra) e Sidney (Austrália)

O domingo deverá ser marcado por uma série de protestos em todo o Brasil que pedem o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). As manifestações foram marcadas por grupos de internet como o Movimento Brasil Livre (MBL) ou o Revoltados Online. Os grupos afirmam que esse será apenas o primeiro ato contra a presidente. As manifestações começarão a partir das 9h.

Os atos estão marcados em todas as capitais brasileiras mais cidades de fora do país como Boston e Miami (Estados Unidos), Londres (Inglaterra) e Sidney (Austrália). Em algumas cidades, além de caminhar com faixas e cartazes, os manifestantes querem fazer atos bem humorados. Em Porto Alegre, por exemplo, coxinhas de galinha serão assadas em churrasqueiras instaladas próximas aos arcos do famoso parque da Capital.

“Em 2013, mais de mil pessoas compareceram ao Bayside em nosso ato de solidariedade aos protestos no Brasil. Vamos repetir a dose”, afirma Bruno Contipelli, um dos organizadores dos protestos fora do país. Contipelli vive em Miami desde 1999.

Em Brasília, as manifestações serão concentradas no Congresso Nacional. Em São Paulo, estão marcadas mobilizações para o Museu de Arte Moderna, o Masp. No Rio de Janeiro, a mobilização promete ser na praia de Copacabana e em Salvador, no Farol da Barra. Alguns shoppings paulistas chegaram a disponibilizar serviços de baby sister para pessoas que queiram participar das mobilizações.

Nos últimos dias, o Palácio do Planalto manifestou preocupação com as mobilizações. Interlocutores da presidente Dilma temem que essas manifestações tomem a dimensão dos protestos de junho de 2013. Porém, ao contrário de 2013, os ativistas virtuais tem um foco específico de reivindicação. “Eu sou de uma época –sempre repito isso– em que a gente não podia manifestar. Quem manifestasse era preso. O Brasil se fechou e caiu numa ditadura. A gente hoje tem que olhar para a manifestação com absoluta tranqüilidade”, disse Dilma durante esta semana.

Do outro lado, artistas e ativistas culturais tem conclamado a população via redes sociais. Entre os artistas que gravaram mensagens de incentivo aos protestos estão Caio Castro, Márcio Garcia, Marcelo Serrado e Alessandra Maestrini e Malvino Salvador. “Basta de mentiras, basta de corrupção. Não dá mais para viver em um país sem um hospital público de qualidade, sem uma escola pública decente para os nossos filhos, para os nossos jovens que são o futuro do nosso país”, disse Caio Castro em vídeo.

Os políticos, até então receosos de incentivarem os protestos pró- impeachment, aumentaram o tom nos últimos dias. Na sexta-feira última (13), o candidato derrotado à presidência da República, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que “a rua é do povo como o céu é do avião. Portanto, pegue seus amigos, chame sua família e vá para a rua defender a democracia, vá para a rua defender o Brasil”.

“Se precisar de enfrentamento, vamos fazer um enfrentamento de ideias. Não vamos permitir que entreguem o patrimônio brasileiro para o capital internacional”, afirmou o deputado federal Valmir Prascidelli (PT-SP), integrante da CPI da Petrobras.

 

Confira alguns locais onde serão realizados os protestos neste domingo

- Aracaju/SE – 9:30 – Arcos da Orla.

- Araraquara/SP – 15:00 – Parque Infantil (até a Prefeitura).

- Belém/PA – 9:00 – Praça da República.

- Belo Horizonte/MG – 9:30 – Praça da Liberdade.

- Botucatu/SP – 15:00 – Largo da Catedral Metropolitana de Botucatu.

- Bragança Paulista/SP – 16:00 – Praça Raul Leme (Praça da Igreja Matriz) – Centro.

- Brasília/DF – 9:30 – Museu da República (passeata rumo ao Congresso Nacional).

- Curitiba/PR – 14:00 – Praça Santos Andrade.

- Curvelo/MG – 10:00 – Praça Central do Brasil.

- Florianópolis/SC – 16:00 – TICEN (Avenida Paulo Fontes, 701).

- Fortaleza/CE – 10:00 – Praça Portugal.

- Goiânia/GO – 14:00 – Praça Tamandaré.

- João Pessoa/PB – 15:00 – Busto de Tamandaré.

- Joinville/SC – 16:00 – Praça da Bandeira.

- Juiz de Fora/MG – 10:00 – Parque Halfeld.

- Jundiaí/SP – 9:30 – Avenida 9 de Julho.

- Natal/RN – 15:00 – Avenida Roberto Freire.

- Petrópolis/RJ – 16:00 – Praça Dom Pedro II, Centro.

- Porto Alegre/RS – 14:00 – Parcão.

- Presidente Prudente/SP – 9:00 – Parque do Povo (próximo ao colégio Poliedro).

- Recife/PE – 9:00 – Avenida Boa Viagem (em frente à Padaria Boa Viagem).

- Rio de Janeiro/RJ – 9:30 – Praia de Copacabana, altura do posto 5.

- Salvador/BA – 16:00 – Farol da Barra.

- São Carlos/SP – 10:00 – Praça do Mercado (Rua Comendador Alfredo Maffei, 2522).

- São Lourenço do Sul/RS – 14:00 – Prefeitura Municipal.

- São Luís/MA – 9:00 – Avenida Litorânea.

- São Paulo/SP – 14:00 – MASP (Avenida Paulista – na saída da Estação Trianon-MASP do Metrô).

- Sete Lagoas/MG – 10:00 – Lagoa Paulino.

- Sorocaba/SP – 16:00 – Praça do Canhão.

- Teresina/PI – 16:00 – Avenida Marechal Castelo Branco (em frente à Alepi).

- Tubarão/SC – 16:00 – Prefeitura Municipal.

- Uberaba/MG – 16:00 – Calçadão de Uberaba.

- Uberlândia/MG – 9:30 – Praça Tubal Vilela.

- Vinhedo/SP – 15:00 – Portal.

- Vitória/ES  – 16:00 – Praça do Papa.

- Volta Redonda/RJ – 9:00 – Praça Brasil.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!