PR de Tiririca vai apoiar José Serra em São Paulo

Tiririca é Serra
Por ter perdido o Ministério dos Transportes, o Partido da República (PR) vai se vingar do PT justamente em São Paulo, sonho de poder dos petistas. A legenda deve fechar com o tucano José Serra em detrimento de Fernando Haddad (PT), e alçará a garoto-propaganda da aliança o deputado humorista Tiririca, o campeão nacional de votos, para puxar o voto do povão para o PSDB. Porém, o PR teve um alerta. Tiririca desistiu da candidatura ao receber, há poucas semanas, pesquisa encomendada na capital. Ele bateu 5%, mas sua rejeição beirou os dois dígitos.

Victor Soares

Fator Michel Temer
O PR ainda conversa com o PMDB de Gabriel Chalita, apadrinhado pelo vice Michel Temer. Há poucas chances de trocar Serra por ele. Já o PT está completamente fora de cogitação.

 

Sem chefão
O deputado Valdemar da Costa Neto (SP), antes chefão do PR, não manda mais no partido. Foi o que revelou um senador da própria legenda.

Mais um
O presidente do PDT, Carlos Lupi, não esconde a próximos sua mágoa com a presidente Dilma. Ela fez Brizola Neto ministro do Trabalho sem consultá-lo. Vem troco aí.

Olha a pizza!
Os deputados relatores dos casos dos colegas Carlos Leréia (PSDB-GO), Rubens Otoni (PT-GO) e Sandes Junior (PP-GO) podem aproveitar os holofotes voltados para a CPI do Cachoeira e inocentar o trio no Conselho de Ética da Câmara. A relação com Cachoeira, embora promíscua, não seria ilegal. A conferir.

Crise existencial
Vive uma dúvida Márcio França, secretário de Turismo do governo paulista. Se obedecer ao presidente do PSB, Eduardo Campos, apoia Haddad (PT), volta para a Câmara e se torna líder. Se ficar no cargo, perde a direção do PSB-SP.

Cerca viva
O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) apresentou emenda à MP 571/12 para aumentar a proteção das nascentes e dos olhos d´água. A MP foi editada na segunda pela presidente Dilma para suprir as lacunas dos vetos ao Código Florestal.

Por cima
O PT já decidiu que apoiará os candidatos do PSB em Mossoró (RN) e Duque de Caxias (RJ). Sem discussão ou decisão local.

Falou, tomou
Ao falar que ‘Brasil não é a Venezuela’, o ministro do STF Gilmar Mendes, em momento de ira contra o PT, comprou briga com o país vizinho, que soltou nota dura de repúdio: ‘As declarações demonstram profunda ignorância sobre nosso país’.

Lentidão
Não é de hoje que há críticas à letargia da Procuradoria-Geral da República em dar andamento a requerimentos e inquéritos, como no caso da Monte Carlo. Aconteceu também com a Associação Nacional de Defesa dos Concursos para Cartórios.

Gavetão
Representante dos cartoristas foi saber a quantas anda requerimento de urgência para a PGR propor ação direta de inconstitucionalidade no STF contra uma lei. Descobriu pedidos de 2009 propondo ADINs que ainda nem foram analisados.

Bolsa-universitário
O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) arrancou do Planalto o compromisso de dar mais bolsas a universitários pelo ProUni. O governo vai incluir emenda numa MP que será enviada ao Congresso em junho.

Endosso
As universidades comunitárias trocarão dívidas federais pela cessão de bolsas. O acordo foi fechado ontem com as ministras Gleisi Hoffmann e Ideli Salvatti.

Revolta tucana
O tucano Alfredo Kaefer (PR) desancou o governo do PT na Câmara. Para ele, o PT trocou projeto de país por de poder. Lembrou mensalão, PIB baixo e obras paradas.

Ponto Final
‘A classe política está completamente divorciada da sociedade’
Do deputado Reguffe (PDT-DF).

Com Gilmar Correa e Marcos Seabra

contato@colunaesplanada.com.br . www.colunaesplanada.com.br . Twitter @leandromazzini

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!