Estamos mudando o site. Participe enviando seus comentários por aqui.

PM e universitários entram em confronto no Ministério da Educação

 

Policiais militares e universitários entraram em confronto, na tarde desta quinta-feira (26), durante um protesto em frente ao Ministério da Educação. Os estudantes, que há semanas protestam contra demissões, estrangulamento orçamentário e falta de investimentos na Universidade de Brasília (UnB), resultou em tumulto generalizado.

Como mostra o vídeo abaixo, postado pelo portal G1 no Youtube, policiais disparam tiros de bala de borracha e lançaram bombas de gás nos manifestantes, que estavam reunidos desde a manhã. A confusão começou em torno das 12h30.

Aos 17 segundos da gravação, dá para ver a cavalaria avançar sobre a aglomeração de estudantes. Também dá para ver, do lado esquerdo do vídeo, um grupamento tático também avançando para dispersar o protesto.

 

Veja no  vídeo abaixo:

 

O saldo do confronto foi a apreensão de canivete e faca de cozinha, duas tesouras, roupas, sprays, uma garrafa de vinagre, leite de magnésia, lenços e um soro fisiológico, segundo o portal. "A Polícia Civil não permitiu que os estudantes e os itens fossem fotografados pelo G1", diz o texto assinado pela repórter Luiza Garonce.

Ainda segundo a reportagem, quatro pessoas foram detidas e conduzidas à 5ª Delegacia de Polícia e autuadas por desacato, incitação à desordem e desobediência. Um manifestante ficou ferido após o tumulto e foi encaminhado a um hospital próximo à Esplanada dos Ministério.

 

<< Dias de turbulência: caras-pintadas do DF avaliam que foram decisivos para momento histórico

<< O que será do Brasil pós-assassinato de Marielle? Profissionais de várias áreas falam sobre o assunto

Continuar lendo