Novos ministros devem tomar posse na terça-feira

Ricardo Berzoini, Miguel Rossetto, Nilma Lino, Aloizio Mercadante, Jacques Wagner (PT), Aldo Rebelo (PCdoB) e Helder Barbalho (PMDB) trocam de ministérios. Os deputados Celso Pansera (PMDB) e André Figueiredo (PDT) são as caras novas do alto escalão do governo.

Os novos ministros, que foram anunciados nesta sexta-feira (2) pela presidente Dilma Rousseff, devem tomar posse na próxima terça-feira (6) pela manhã, em cerimônia no Palácio do Planalto, segundo informou a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Na segunda-feira (5), a presidenta Dilma Rousseff fará uma visita de Estado à Colômbia, mas deve retornar ao Brasil no início da noite do mesmo dia.

Ricardo Berzoini deixa a pasta das Comunicações e assume a Secretaria de Governo, composta pelas Secretaria-Geral, Relações Institucionais e de Micro e Pequena Empresa. O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) perdeu o status de ministério e também será integrado à nova pasta.

Miguel Rossetto será o novo ministro do Trabalho e Previdência Social. Ele era titular da Secretaria-Geral da Presidência da República. O deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) vai assumir o Ministério da Saúde, em substituição a Arthur Chioro.

O Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos será assumido por Nilma Lino, que estava no comando da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir).

Aloizio Mercadante deixa a Casa Civil e vai para o Ministério da Educação. No seu lugar, entra Jaques Wagner, que era ministro da Defesa. Aldo Rebelo assume a pasta da Defesa e deixa o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que será ocupado pelo deputado Celso Pansera (PMDB-RJ).

A Secretaria de Portos ficará com Helder Barbalho, que era ministro da Secretaria de Pesca e Aquicultura. O deputado federal André Figueiredo (PDT-CE) será o novo ministro das Comunicações.

Mais sobre crise na base

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!