“Ninguém governa sem o PMDB”, diz candidato a vice de Marina Silva

Deputado indica que, se eleita, Marina manterá contato com o PMDB. Atualmente, presidenciável do PSB critica relação do Palácio do Planalto com peemedebistas

Candidato a vice na chapa da presidenciável Marina Silva (PSB), o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) afirmou nesta quarta-feira (17) que "ninguém governa sem o PMDB". Em entrevista ao Estadão, sinalizou que, se eleita, Marina também vai dialogar com a sigla.

Marina condena a aliança da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, com peemedebistas como os senadores Renan Calheiros (AL) e o senador José Sarney (AP). “Ninguém governa sem o PMDB, mas não é preciso entregar o governo para ter governabilidade”, disse Albuquerque.

"Por que eu, no governo, tenho que perguntar para Renan Calheiros quem devo indicar para ministérios ou para a Transpetro? Não que as indicações de partidos e lideranças sejam ruins. Mas tem que ter perfil", disse Albuquerque. Ele voltou a afirmar que a ideia de Marina é governar com os melhores de cada partido, incluindo o PMDB.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!