Marco Maia assume interinamente a Presidência da República

Deputado fica no cargo até amanhã. Agenda de trabalho ainda não foi divulgada.

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, assumiu interinamente a Presidência da República nesta sexta-feira (16). Ele permanece no cargo até amanhã, quando o vice-presidente Michel Temer retorna da Alemanha, onde teve encontro com a chanceler Angela Merkel.

A presidenta Dilma Rousseff viajou ontem (15) para Cadiz, na Espanha, onde participará da 22ª Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e Governo.  Depois, ela irá a Madri, onde deve permanecer até o dia 19 e se reunir com o primeiro-ministro do país, Mariano Rajoy.

Esta é a quarta vez que Marco Maia assume a Presidência do país. Ele despacha no Palácio do Planalto durante o dia de hoje. Durante a manhã, ele se reuniu com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e recebeu parlamentares. Em nota, sua assessoria divulgou que o teor da conversa com Ideli girou em torno das próximas votações da Câmara dos Deputados, que poderá decidir sobre o Marco Civil da Internet, o Código Brasileiro da Aeronáutica e o fim do fator previdenciário.

Marco Maia também telefonou para o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, para colocar o governo federal à disposição do estado para qualquer necessidade de combate à onda de violência. Há quatro dias, diversas cidades sofreram ataques, com ônibus queimados e delegacias alvejadas por bandidos. Durante a conversa, o governador informou que a expectativa é de controle e tentativa de normalidade.

Na ausência do presidente e do vice, quem assume o comando do país é o presidente da Câmara. Em sua ausência, o presidente do Senado é quem ocupa o posto. Por último, o presidente do Supremo Tribunal Federal é quem pode assumir a cadeira da presidência.

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Atualização feita às 14h16 para acréscimo de informações.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!