Marcela na limpeza do Alvorada? Discurso do Marechal Deodoro? Fala de Temer sobre mulheres ganha as redes

Em pronunciamento no Dia Internacional da Mulher, presidente afirmou que ninguém é capaz de acompanhar melhor a oscilação os preços nos mercados do que as mulheres e as responsabilizou pela criação dos filhos

 

Por meio das redes sociais, brasileiros e brasileiras reagiram às declarações do presidente Michel Temer ao destacar a importância do papel da mulher na economia. Em discurso de homenagem no Dia Internacional da Mulher, Temer disse que ninguém é capaz de acompanhar melhor a oscilação os preços nos mercados do que as mulheres e as responsabilizou pela criação dos filhos.

A reação no Twitter foi imediata, com ironias e acusações de machismo contra o presidente.

“Acho que o Michel Temer pegou o discurso de Dia da Mulher que o Marechal Deodoro deixou na gaveta", escreveu a jornalista e quadrinista Alexandra Moraes no Twitter.  Deodoro foi o primeiro presidente da República, entre 1889 e 1891.

No Facebook, o jornalista Renato Ferraz, de Brasília, publicou:

“Depois do discurso de Temer sobre o dia da mulher, a galera das redes sociais chegou a duas conclusões:

a)     Temer pegou o discurso que Deodoro da Fonseca deixou na gaveta e o leu

b)     Marcela Temer não quis morar no Alvorada porque ele é mais difícil de limpar do que o Jaburu”

O também jornalista José Simão foi outro a situar no passado as declarações do presidente. “Pronunciamento do Temer no Dia da Mulher foi totalmente anos 50! Só falou para as donas de casa! As outras não existem!”

“Que imbecil esse Michel Temer. Quem faz supermercado é mulher? Na minha casa eu que faço há muitos anos", escreveu o escritor Marcelo Rubens Paiva. O site humorístico de maior audiência do país ironizou a fala do peemedebista: "Temer exalta importância da mulher no supermercado e isso não é coisa do Sensacionalista".

"Se estivéssemos no século XVIII Michel Temer poderia ser considerado um homem até atualizado", publicou no Twitter o usuário Tiago Filgueiras.

Dois foram os trechos do discurso de Temer que causaram maior polêmica.

- “E eu digo isso com a maior tranquilidade porque eu tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela, o quanto a mulher faz pela casa. O que faz pelo lar, o que faz pelos filhos e, portanto, se a sociedade de alguma maneira vai bem, quando os filhos crescem, é porque tiveram uma adequada educação e formação em suas casas. E seguramente isto quem faz não é o homem, quem faz é a mulher. A queda da inflação que nós estamos assistindo, a queda dos juros, o superávit recorde da nossa balança comercial, o crescimento do investimento externo, tudo isso significa empregos e significa também que a mulher, além do cuidar dos afazeres domésticos, vai vendo um campo cada vez mais largo para o emprego”.

- "Na economia, também, a mulher tem uma grande participação. Ninguém mais é capaz de indicar os desajustes, por exemplo, de preços em supermercados mais do que a mulher. Ninguém é capaz melhor de identificar eventuais flutuações econômicas do que a mulher, pelo orçamento doméstico maior ou menor."

Logo após o pronunciamento de Temer, a secretária de Política para as Mulheres, Fátima Pelaes, negou, em entrevista à imprensa, que o presidente tenha sido preconceituoso. "O presidente Michel é muito mais do que palavra, são fatos. Ele não quis dizer que a mulher tem esse papel, mas reconhece a importância da mulher em todas as áreas", declarou.

Mais sobre mulheres

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!