Manifestantes seguem para a Esplanada

Milhares de manifestantes que estavam concentrados em frente ao Museu da República, em Brasília, caminham em direção ao Congresso. Mobilizados por meio das redes sociais, eles entoam palavras de ordem contra o governo, o PT e a presidente Dilma

Milhares de manifestantes que estavam concentrados em frente ao Museu da República, em Brasília, seguem em direção à Esplanada dos Ministérios. Mobilizados por meio das redes sociais, eles entoam palavras de ordem contra o governo, o PT e a presidente Dilma.

Balanço parcial divulgado nesta manhã pela Polícia Militar apontava a presença de 5 mil pessoas. Mas o número de participantes cresceu nos últimos minutos. Nova contagem deve ser divulgada daqui a pouco. Os organizadores esperam repetir na manifestação deste domingo o público registrado em abril. Na ocasião, 25 mil pessoas estiveram na Esplanada, segundo a PM; 40 mil, nas contas do movimento.

A mobilização deste domingo começou às 8h30. Mas só por volta das 10h45 os manifestantes começaram a descer a Esplanada. Não há registro de incidentes até o momento. Três carros de som puxam palavras de ordem. “Errar uma vez é Lulice, duas vezes é Dilmais” e “fora, Dilma, fora, PT” são algumas dos gritos de protestos entoados. Perto do Congresso Nacional, foi erguido um boneco inflável gigante do ex-presidente Lula como presidiário. Os manifestantes também cantam o Hino Nacional.

Veja quais são e o que querem os movimentos que convocaram os protestos

Mais sobre o Brasil nas ruas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!