Maioria do eleitorado é contra reeleição, aponta Datafolha

A rejeição à obrigatoriedade do voto, tema que também está sendo discutido na reforma política, bateu recorde. Segundo instituto, atualmente, 64% do eleitorado quer que o voto seja facultativo

Brasileiros mudam de opinião e, agora, a reeleição, tema da reforma política, é rejeitada pelo eleitorado. Foi o que mostrou a pesquisa realizada pelo Datafolha, em que só 30% dos ouvidos se mostraram favoráveis a reeleição.  Em 2005, antes de Lula ser reeleito, a norma era apoiada por 65% do eleitorado.  As informações são da Folha de S.Paulo.

O suporte popular a um segundo tema que está em discussão no Congresso Nacional, a obrigatoriedade do voto, também sofreu alterações. A rejeição à obrigatoriedade do voto bateu recorde da série de pesquisas a respeito: 64% é contra. Em outubro do ano passado, 54% do eleitorado não concordava com o voto obrigatório.

"A rejeição a Dilma pesa, mas não só. Há um contexto muito forte de rejeição geral à política, que vem desde junho de 2013", diz o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino.

Na Câmara, a extinção da reeleição foi aprovada em maio, com 452 votos favoráveis e 19 contrários. Para vigorar, a regra precisa passar por nova votação na Casa e, depois, ser aprovada pelo Senado.

No caso da obrigação de votar, o comportamento da Câmara, nesse caso, foi na contramão da opinião popular. A instituição do voto facultativo foi derrotada por 311 votos a 134.

Confira íntegra da reportagem da Folha de S.Paulo

Mais informações sobre Dilma

Continuar lendo