Lula recomenda que Dilma faça reforma ministerial

O ex-presidente ainda defendeu que a petista viaje pelo país para esfriar o clima da crise política. "Ela precisa sair dali", disse ele aos ministros Aloizio Mercadante e Edinho Silva

Ricardo Stuckert
O ex-presidente Lula se reuniu com os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e da Comunicação Social, Edinho Silva, para defender que a presidente Dilma Rousseff promova uma reforma ministerial e viaje pelo país para combater a crise. Lula argumentou que viajar não será suficiente para a recuperação de Dilma, mas é fundamental para esfriar a temperatura política do país. As informações são da Folha de S.Paulo.

"Dilma precisa sair dali", rebateu o ex-presidente ante das ponderações dos ministros às possíveis viagens.  Lula ainda defendeu que uma eventual reforma ministerial aloque políticos mais representativos dos partidos, com força política para influenciar suas bancadas no Congresso.

O encontro foi no Instituto Lula, nesta sexta-feira (7), depois de cerca de 400 pessoas, entre petistas e militantes de movimentos sociais, protestarem contra "o ódio e a intolerância" e darem um abraço simbólico no edifício. O instituto foi alvo de uma bomba caseira na quinta (30).

Na tarde de ontem, quando Lula chegou ao instituto junto do presidente do PT, Rui Falcão, da ex-primeira-dama Marisa Letícia, e do presidente de seu instituto, Paulo Okamotto, ele foi ovacionado aos gritos de: "Lula, guerreiro do povo brasileiro" e "Olê, olê, olá, Lula, Lula".

Confira íntegra da reportagem da Folha de S.Paulo

Mais informações sobre Lula

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!