Lula busca diálogo com PSB e PDT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu nesta terça-feira (12) com o presidente da fundação João Mangabeira, braço ideológico do PSB, Ricardo Coutinho. A conversa faz parte de uma tentativa de diálogo com os partidos de oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

Mesmo com críticas de Ciro Gomes (PDT) a Lula, o petista não descarta procurar o ex-governador do Ceará. Ainda que não haja uma conversa entre os dois, aliados do presidente dão como certa um diálogo com o partido.

“Não sei se ele vai conversar com Ciro, mas obviamente com o PDT temos conversa, diálogo. Lupi [presidente nacional do PDT] visitou Lula na cadeia. A gente tem uma aliança, frente no Congresso Nacional, lógico que vai ter essa conversa em algum momento”, disse o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), ao Congresso em Foco.

Sobre a conversa com o dirigente do PSB, o senador do PT afirmou que ela foi centrada na região Nordeste.

“Falou principalmente sobre Nordeste. Ricardo Coutinho foi governador da paraíba , foi um grande parceiro tanto do governo dele quanto no de Dilma. Ele [Lula] falou claramente que o Nordeste precisa voltar a ser prioritário, ser visto, que não está sendo visto por esse governo. a pobreza está se agravando novamente no Nordeste depois de um período que se reduziu bastante”, afirmou o líder do PT.

Lula ainda não tem um roteiro fechado de viagens, mas estão confirmadas participação na reunião da executiva nacional do PT em Salvador (BA) na quinta-feira (14) e em ato político no Recife (PE) no domingo (17).

Lula ficou preso por 580 dias na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Após ser solto no último sábado (8), beneficiado por decisão do Supremo Tribunal Federal que proibiu prisão em segunda instância, o petista foi à São Bernardo do Campo (SP), onde mantém residência atualmente.

>Lula é “enganador profissional”, diz Ciro em entrevista exclusiva

> Jair Bolsonaro diz que Lula está livre momentaneamente, mas com culpa

Carlos Lupiciro gomesHumberto CostaJair BolsonaroLulapdtPSBPTricardo coutinho