Líder do PT diz que partido fará oposição a Temer no Congresso e nas ruas

Segundo o senador Paulo Rocha, os petistas não vão permitir que o novo governo retire os direitos sociais aprovados desde a posse de Lula, em 2003

O líder do PT no Senado, Paulo Rocha (PT-PA), disse nesta quarta-feira (11) que o partido fará oposição ao governo Michel Temer no Parlamento e nas ruas. Em entrevista ao Congresso em Foco, Paulo Rocha acusa a Câmara e o Senado de cometer uma violência contra a democracia e o mandato da presidente Dilma Rousseff, cujo afastamento será votado logo mais pelos senadores.

Segundo ele, os petistas não vão permitir que o novo governo retire os direitos sociais aprovados desde 2003, quando o PT chegou ao Planalto. “Com a ajuda dos movimentos sociais vamos atuar aqui no Congresso e nas ruas para impedir qualquer retrocesso nos direitos sociais”, disse o senador, para quem, o impeachment é um “golpe”.

Veja a entrevista de Paulo Rocha:

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!