Jornais: Francisco critica liberais e conservadores da igreja

Último dia da Jornada Mundial da Juventude leva 3,2 milhões para Copacabana, no Rio de Janeiro

FOLHA DE S.PAULO

Francisco critica liberais e conservadores da igreja

No último dia no Brasil, papa diz que ideologias põem em risco ação pastoral. O papa Francisco atacou ontem as correntes progressistas e conservadoras que atuam no interior da Igreja Católica e pregou sua renovação com base em um diálogo mais eficaz com o mundo contemporâneo e mudanças de atitude dos seus líderes.

Em discurso para bispos da América Latina no último dia de sua visita ao Brasil, Francisco criticou a "ideologização" da igreja por grupos que vão da "categorização marxista" até o "restauracionismo" de "formas superadas".

Para ele, a igreja precisa se voltar "às questões existenciais do homem de hoje". "Toda projeção utópica [para o futuro] ou restauracionista [para o passado] não é do espírito bom", disse. "Deus é real e se manifesta no hoje."

Israel anuncia libertação de palestinos por acordo de paz

Governo de Netanyahu soltará 104 prisioneiros como gesto de boa vontade para reinício de negociações de paz

Fusão cria a maior agência de publicidade do mundo

Americana Omnicom e francesa Publicis formam empresa de US$ 35 bilhões e ultrapassam a britânica WPP

São Paulo empata com Corinthians e chega ao 12º jogo sem vitória

Em duelo morno, São Paulo estanca série de derrotas ao empatar sem gols com o Corinthians

Julgamento do Carandiru tem nova fase com 26 réus e 73 vítimas

Júri que começa hoje define o futuro dos acusados pelo maior número de presos mortos

Haddad propõe reprovação em 5 séries do ensino fundamental

Proposta da Prefeitura de SP prevê dependência em matérias na rede municipal

 

O GLOBO

 

No adeus ao Rio, Papa defende reforma profunda na Igreja

Na missa de despedida em Copacabana para cerca de três milhões de pessoas, o maior público já reunido num evento no Rio, Francisco diz que os jovens precisam sair em busca de discípulos. Antes de embarcar para Roma, admite já sentir saudades. Em discurso para bispos da América Latina, o Papa Francisco defendeu ontem uma grande reforma na Igreja capaz de ampliar o diálogo com as novas gerações e, assim, renovar uma base de fiéis que encolhe em todo o continente. O Pontífice convocou os religiosos a amar a pobreza e a austeridade, e disse que a Igreja deve sair do centro e caminhar para as periferias. Condenou a postura reativa dos padres e pediu que eles abandonem a "psicologia de príncipes" saindo das sacristias para a rua. O Papa pediu uma Igreja menos ideológica, que evite "desde o liberalismo de mercado até a categorização marxista" Na manhã de ontem, durante a Missa de Envio, que reuniu em Copacabana três milhões de pessoas — um evento que concentrou o maior público em toda a História da cidade —, o Papa Francisco convocou os jovens a espalhar as palavras do Evangelho pelo mundo. Cracóvia, na Polônia, é a cidade que receberá a próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2016. Ao se despedir do Brasil, agradeceu a hospitalidade dos cariocas, disse já começar a sentir saudades e afirmou: "Rezem por mim e até breve".

Artigos

"O Papa Francisco quer que você medite sobre esse tesouro inesgotável que é a tradição cristã.”

Luiz Paulo Horta é jornalista e membro da Academia Brasileira de Letras

"Bem-vindo à opção pelos pobres, à denúncia da corrupção dentro e fora da Igreja, e da 'globalização da indiferença."

Frei Betto é escritor

Campus Fidei, em Guaratiba, será desapropriado para projeto.

Novas regras para leilão de Galeão e Confins

O governo recuou e decidiu permitir que fundos de pensão de estatais participem do leilão de concessão dos aeroportos de Galeão e Confins (Belo Horizonte), no limite de até 15%, em grupos ou isolados. Além disso, no novo edital, que sai no dia 15, retirou a proibição de que vencedores de leilões anteriores disputem a segunda rodada.

Palestinos e Israel voltam a negociar

Após três anos emperradas, as negociações de paz entre israelenses e palestinos serão retomadas hoje em Washington, sob patrocínio dos EUA. Ontem, o governo de Israel aprovou, sob protestos nas ruas, a libertação de 104 dos 118 presos palestinos encarcerados há mais de 20 anos, uma antiga exigência da Autoridade Nacional Palestina.’

 

 

O ESTADO DE S. PAULO

 

Tesouro bancará R$ 6,7 bi do desconto da conta de luz

O governo não tem mais recursos em fundos setoriais para indenizações que terá de pagar às empresas do setor elétrico que aderiram ao pacote de renovação antecipada das concessões, informam os repórteres Anne Warth e João Villaverde. A medida bancou o desconto médio de 20% na conta de luz para os consumidores, anunciado pela presidente Dilma Rousseff em cadeia de rádio e TV. O Tesouro Nacional terá de desembolsar pelo menos RS 6,7 bilhões em quatro anos para reembolsar as companhias. Parte do dinheiro do fundo criado para indenizar as concessionárias cobriu outra despesa. Em maio, R$ 2,5 bilhões foram para a Conta de Desenvolvimento Energético, que financia gasto com usinas térmicas, programas para a população de baixa renda, Luz para Todos e alguns subsídios. A operação, apurada pelo Estado, vem sendo mantida sob sigilo pelo governo.

Reserva em baixa

R$ 9,1 bi é o quanto falta ser pago em indenizações a empresas do setor

Papa diz que Igreja tem estruturas ‘caducas’

Ao deixar o Brasil, o papa fez uma autocrítica; a Igreja está “atrasada” e tem “estruturas caducas”. Para ele, a instituição precisa se modernizar e deixar de viver de tradições ou de vender esperanças, mas sem perder dogmas e valores. A cardeais latino-americanos, no Rio, Francisco atacou o abuso de poder na Igreja, a inclusão de ideologias sociais no Evangelho, o carreirismo e a distância em relação aos fiéis. Na missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude, o papa apontou os jovens como os atores principais do fortalecimento da igreja.

Na 1ª fila

As presidentes Dilma e Cristina na missa de encerramento.

Povo na rua

O encerramento da Jornada da Juventude reuniu ontem 3,2 milhões de pessoas em Copacabana. Em 2016, o encontro será na Polônia.

Israel libertará 104 palestinos e negociação é retomada

Os EUA anunciaram a retomada das negociações de paz no Oriente Médio depois de o governo de Israel aceitar libertar 104 palestinos presos há mais de 20 anos. A decisão israelense não garante acordo com palestinos, mas é o primeiro resultado da pressão do secretário de Estado americano, John Kerry. A última tentativa do governo Obama para avançar nas tratativas fracassou no fim de 2010.

Negócios: Gigantes da publicidade anunciam fusão

Duas das maiores empresas de publicidade, Omnicom Group e Publicis Groupe, anunciaram ontem sua fusão. Com isso, será criada a maior família de agências do mundo, com valor de mercado de US$ 35,1 bilhões e 130 mil funcionários, superando a atual líder, WFF, de Londres. A nova companhia se chamará Publicis Omnicom Group.

Diretórios do PSD dão apoio a Dilma

Levantamento do Estado mostra que, apesar da queda da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas, a maioria dos diretórios estaduais do PSD tende a apoiar a reeleição.

Brasil negocia uso de Alcântara com EUA

José Roberto de Toledo: Governo sem marca

Para dois terços dos entrevistados em pesquisa do Ibope, o governo não tem marca, não se distingue por nada especial. Isso deve preocupar Dilma.

Thomas Friedman: As três revoluções dos egípcios

A primeira teve como objetivo retirar o país da inépcia; a segunda, livrá-lo dos incompetentes; e a terceira, fugir de um beco sem saída.

 

CORREIO BRAZILIENSE

 

A revolução de Francisco está nas ruas

Após reunir 3,5 milhões de fiéis em sua despedida do Brasil, o papa volta para o Vaticano ainda mais fortalecido para reformar a Igreja Católica e aproximá-la dos mais pobres. O recado aos bispos foi claro. Ele também criticou segmentos que tentam agregar ideologias à mensagem evangélica: desde o liberalismo até o marxismo. Aos jovens, disse palavras de esperança: “Sejam revolucionários. Peço para vocês irem contra a corrente (...) Tenham coragem de ser felizes". E reforçou em entrevista: "O jovem que não protesta não me agrada".

Enquanto isso, deputados se divertem...

Apesar de o recesso branco ser inconstitucional, parlamentares curtem a folga e postam fotos de viagem em redes sociais.

Israel volta a negociar paz com palestinos

Depois de três anos, o primeiro sinal de diálogo será a libertação de 104 militantes presos em território israelense. As conversações recomeçam hoje em Washington.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!