Governo cede e movimento dos sem-teto anuncia fim de protestos

O governo federal vai subsidiar a construção de duas mil unidades habitacionais na invasão conhecida como Copa do Povo. Com maior parte das reivindicações atendidas, MTST diz que mobilizações vão ser menos intensas

O Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) anunciou nesta segunda-feira (9) o entendimento com o governo federal e o fim de manifestações em São Paulo (SP) durante a Copa do Mundo. Pontos principais reivindicados pelo MTST foram atendidos.

De acordo com o líder do movimento, Guilherme Boulos, o governo federal se comprometeu a construir duas mil habitações populares onde está a ocupação "Copa do Povo", nas proximidades da Arena Corinthians, palco da abertura da Copa, na zona leste da capital paulista. Não deverão ocorrer desapropriações porque a empresa Viver, dona do terreno, vai ser contratada pelo governo para construir as moradias.

O projeto deverá ser feito em parceria com o movimento, com aporte de R$ 76 mil do programa “Minha Casa, Minha Vida” por unidade. A prefeitura e o governo estadual também deverão contribuir financeiramente.

O governo federal também prometeu alterar o salário limite das famílias da faixa 1 de benefício para o programa “Minha Casa, Minha Vida”. Outra mudança vai ser um aumento do número de unidades para entidades nacionais, de um mil para quatro mil unidades. Há a expectativa também em relação à criação de uma comissão para monitorar casos de despejos forçados e reintegrações de posse.

O MTST vinha promovendo diversos protestos em São Paulo por conta das reivindicações. Em março, Boulos disse que transformaria este mês em "junho vermelho". Na semana passada, ele afirmou que radicalizaria as ações do grupo caso não houvesse medidas concretas por parte do governo.

Com a maior parte das reivindicações atendidas, Boulo afirmou que os protestos devem diminuir e as ações ficarão focadas no Plano Diretor, em discussão na Câmara dos Vereadores, e no programa estadual "Casa Paulista".

 

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!