Em 40 dias, Congresso em Foco tem quase 1,5 milhão de visitas

Reportagens sobre novo Congresso e Operação Lava Jato contribuíram para audiência do site quase dobrar em relação ao mesmo período do ano passado

Nem o Carnaval, com o natural desinteresse pela política nos dias de folia, foi capaz de deter o crescimento da audiência do Congresso em Foco. Nos últimos 40 dias, este site registrou mais de 1,45 milhão de visitas, quase o dobro da audiência obtida no mesmo período do ano passado (746 mil visitas). De 28 de janeiro a 8 de março, recebemos uma média de 36 mil visitas por dia. Nesse intervalo, foram mais de 1,1 milhão de visitantes únicos (contra 633 mil de igual período em 2014), de acordo com dados do Googleanalytics. Números pra lá de expressivos para um veículo que faz cobertura setorizada do Legislativo, assunto considerado indigesto por muitos brasileiros.

O crescimento da audiência pode ser atribuído à turbulência política vivida pelo país, estimulada pelo novo Congresso Nacional e pelos desdobramentos da Operação Lava Jato. O pico de acesso foi registrado na terça-feira passada (4), quando o Congresso em Foco publicou, em primeira mão, que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia pedido a abertura de inquérito contra as principais lideranças do Senado.

Naquele dia, recebemos mais de 90 mil visitas. Apenas essa matéria foi acessada quase 76 mil vezes. Foi a segunda mais lida no período, atrás apenas da notícia sobre a interceptação de conversas entre o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o então governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, sobre operação policial da qual o político era alvo. A reportagem original foi publicada na revista Época.

De 28 de janeiro até ontem (8), oito matérias publicadas pelo Congresso em Foco foram acessadas mais de 50 mil vezes (veja a relação abaixo). Além do furo sobre os senadores investigados na Lava Jato, também publicamos em primeira mão que a Mesa Diretora da Câmara havia decidido autorizar o uso da cota da Casa para o transporte aéreo dos cônjuges de parlamentares. A Mesa acabou recuando da medida após sua repercussão negativa.

Além da parceria com o UOL, portal de maior audiência do país, o Congresso em Foco também vê crescer seus seguidores nas redes sociais. Publicada na manhã do último sábado (7), a reportagem que mostrava o “reencontro” na Lava Jato entre os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Fernando Collor (PTB-AL) foi vista por mais de 1,7 milhão de usuários do Facebook e compartilhada por quase 14 mil. Lindbergh liderou o movimento dos “caras-pintadas”, que pressionou o Congresso em 1992 a aprovar o impeachment do então presidente Collor.

O aumento na audiência do site se acentuou em 2014, quando o Congresso em Foco completou dez anos no ar e alcançou as melhores marcas de sua história. Um aumento de 50% nos acessos em relação a 2013. No ano passado, registramos 6.050.763 de visitantes únicos - ante os 4.088.098 do ano anterior. A quantidade de visualizações aumentou 49% (10.549.385 contra 7.071.729 de 2013). Já o total de visitas saltou 55% (8.326.095 contra 5.375.869).

As matérias do Congresso em Foco com mais de 50 mil acessos entre 28 de janeiro e 8 de março de 2015:

Época: PF intercepta ligação de Gilmar Mendes a investigado no STF - 88.526 acessos

Inquéritos envolvem principais líderes do Senado - 75.894 acessos

Sérgio Reis defende impeachment de Dilma - 73.490 acessos

Presidente do DEM é acusado de receber R$ 1 milhão em propina - 69.910 acessos

Lava Jato: pelo menos 35 políticos devem ser investigados - 68.436 acessos

Câmara vai bancar passagens para mulher de deputado - 64.497 acessos

Cardozo: não há fato que indique envolvimento de Dilma com corrupção - 57.314 acessos

Filho de Lula intercepta Eduardo Jorge por tuíte publicado por fake - 55.322 acessos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!