Distrital destina R$ 1,1 milhão para shows em Ceilândia

Apesar dos problemas da Ceilândia, deputada distrital Luzia de Paula (Rede) enviou R$ 1,158 milhão em emendas parlamentares para contratação de shows e realização de festas na cidade

Gabriel Pontes

A deputada distrital Luzia de Paula (Rede) destinou R$ 1,158 milhão em emendas parlamentares para festas e eventos culturais em Ceilândia, Distrito Federal. Os artistas contratados são locais, mas os cachês chegaram a custar R$ 33 mil, para show com uma hora de duração. Os eventos aconteceram entre novembro e dezembro do ano passado. Em 2015, a Ceilândia foi a cidade que teve o maior número de ocorrências policiais registradas.

A banda Chiquita Bacana, uma das contratadas com dinheiro de emendas de Luzia de Paula, cobrou R$ 30 mil por uma hora de show. Reportagem da TV Globo, que apurou o caso, ligou para a produção da banda e  foi informada de que o preço de um show de três horas de duração, no caso de uma formatura, pode custar entre R$ 6 mil e R$ 8 mil.

O produtor da banda, Emerson Oliveira, justificou que a diferença entre os valores se dá pela quantidade de músicos na banda. No caso do show no GDF, eram necessários 17 integrantes. Já para uma formatura, a banda se apresenta em uma versão compacta, alegou Emerson.

Também foram contratados o cantor Júlio César (R$ 33 mil de cachê), o grupo The Fingers (R$ 27 mil) e a banda Cairo e Leo (R$ 28 mil). Todos os shows duraram uma hora, de acordo com o contrato.

O dinheiro das emendas parlamentares é usado pelos deputados distritais para realizar obras e investimentos em suas bases eleitorais. Em nota, à TV Globo, Luzia de Paula afirmou que também destinou emendas a obras, saúde e Defensoria Pública. Ela diz que a área de cultura é uma das mais carentes do DF e que tenta priorizar artistas locais.

Confira a reportagem da TV Globo

Mais sobre folia com o dinheiro público

Mais sobre crise econômica

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!