Diretor do Dnocs pede demissão após suspeita de irregularidades

Anúncio foi feito pelo Ministério da Integração Nacional no início da tarde. No seu lugar, assume interinamente o secretário nacional de Irrigação, Ramon Rodrigues

O diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), Elias Fernandes, pediu demissão nesta quinta-feira (26) após reunião de trabalho com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho. A decisão foi tomada depois que série de irregularidades no órgão foram divulgadas. O secretário nacional de Irrigação, Ramon Rodrigues, assume o cargo interinamente.

Em nota, o ministério afirmou que está fazendo uma “reestruturação dos quadros das empresas vinculadas à pasta”. No entanto, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a demissão foi uma exigência da presidenta Dilma Rousseff feita assim que o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), afirmou que o fato não criaria uma crise com o maior partido da base aliada.

No Twitter, Henrique Alves contou que conversou com Elias e tentou convencê-lo a desistir da demissão. "Ainda tentei demovê-lo nesse momento, mas com impressionante tranquilidade reafirmou sua decisão", escreveu. Segundo o peemedebista, Elias afirmou que o debate saiu do campo administrativo e foi para o político, e ele não poderia concordar com isso.

O deputado contou que Fernando Bezerra entrou em contato com ele para esclarecer os acontecimentos. “Agora me liga Min Bezerra (sic), com liberdade e amizade que nutrimos há anos, me relatando tudo isso. Agradecendo muito o gesto de Elias e reafirmando confiança absoluta na gestão realizada e defesa por ele apresentada ao TCU. Ministro relembra conversa de terça. Reformulação geral em todas vinculadas. E me pede compreensão ao, agora, gesto de Elias. Elias que estava ao seu lado. Reafirma projetos importantes p RN (sic)”, disse.

Ao fim da conversa, continuou o líder do PMDB, Fernando Bezerra pediu que ele indicasse urgentemente um nome para a direção do Dnocs. Segundo afirmou na rede social, a indicação pode ser feita nos próximos dias. “E peço alguns dias p sugestão de novo nome para representar o RN e o PMDB na Direcao do DNOCS (sic).”

No fim do ano passado, um relatório divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU) apontou desvios de recursos públicos em obras do Dnocs de combate às secas no Ceará. Em dois meses, Elias Fernandes é o terceiro diretor a sair da pasta. Na segunda-feira (23), o diretor administrativo-financeiro do órgão, Albert Gradvhol, foi exonerado do cargo por causa de reestruturação da pasta. Em dezembro do ano passado, o engenheiro Fernando Ciarlini assumiu a Diretora de Infraestrutura do Dnocs, no lugar de Cristina Peleteiro.

Com informações da Agência Brasil

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!