Dilma não terá céu de brigadeiro, prevê Ana Amélia






 Fábio Góis


A senadora eleita Ana Amélia Lemos (PP-RS) entende que a futura presidente Dilma Rousseff (PT) vai ter um desafio ao conduzir a economia a partir do ano que vem.


“Os desafios para ela serão enormes, gigantes, porque ela não vai ter, como teve o presidente Lula, um céu de brigadeiro na economia. Vai ter de enfrentar muitas demandas sérias, mas eu acredito e aposto na competência dela”, disse Ana Amélia, que foi jornalista da área de economia por 33 anos no Rio Grande do Sul, em entrevista durante cerimônia do Prêmio Congresso em Foco.


Ao lado de José Serra (PSDB) nas eleições passadas, Amélia é só elogios para Dilma, que assumiu a Casa Civil durante a crise do mensalão no governo Lula. “Estive num projeto com o José Serra, mas penso que ela, que comandou com braço forte a Casa Civil, depois da crise que viveu aquela área, pode fazer um grande governo.”


Amélia destaca as diferenças da presidenta com seu antecessor. “Ela é diferente do presidente Lula e o Brasil pode experimentar um novo tipo de gestão na administração política, especialmente na área administrativa do governar.”


A senadora eleita tem grandes expectativas que os colegas de plenário melhorem a imagem do Senado. Ela diz que a credibilidade ficou “abaladíssima” com a descoberta dos atos secretos em 2009, que chegavam a empregar parentes até do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-SP).


Para Amélia, alguns “novos” mas conhecidos parlamentares vao contribuir para combater esse quadro. Cita os nomes dos oposicionistas Aécio Neves (PSDB-MG), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Itamar Franco (PPS-MG), e dos governistas Marta Suplicy (PT-SP), Roberto Requião (PMDB-PR) e Luiz Henrique (PMDB-SC).


Mesmo com a experiência de jornalista, Amélia afirma que a internet ainda é um mundo a ser explorado. Dá como exemplo entrevista anterior que concedeu ao Congresso em Foco em outubro passado. “Para minha surpresa, a repercussão foi muito grande”, contou ela.


Leia aquela entrevista: “Ninguém pode pensar em amordaçar a imprensa”

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!