Desemprego atinge 11,4 milhões de pessoas e alcança seu maior índice

Índice de desemprego no Brasil chegou a 11,2% de fevereiro a abril, segundo o IBGE. É o maior percentual já registrado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, que começou a ser feita em 2012

O índice de desemprego no Brasil chegou a 11,2% de fevereiro a abril, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o maior percentual já registrado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, que começou a ser feita em 2012. Ao menos 11,4 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, de acordo com o levantamento.

Para o IBGE, desempregado é quem não tem trabalho e procurou algum nos 30 dias anteriores à semana em que os dados foram coletados. O instituto pesquisou 211.344 casas em cerca de 3.500 municípios nos meses de fevereiro, março e abril.

Segundo a Pnad Contínua, 90,6 milhões de pessoas tinham trabalho no momento da pesquisa. Ou seja, 1,5 milhão de brasileiros a menos em relação à marca registrada um ano antes (redução de 1,7%). Em comparação com o trimestre de novembro de 2015 a janeiro de 2016, a queda foi de 1,1%.

Mais sobre economia brasileira

Mais sobre crise econômica

Mais sobre desemprego

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!