Deputados da Bahia na mira de grupo pró-impeachment

Representantes da Bahia contrários ao impeachment são alvos de ações do grupo Movimento Brasil Livre no estado. Cartazes com fotos dos parlamentares foram coladas em postes e houve até lavagem da entrada da residência de um deputado considerado "traidor"

Os deputados da Bahia estão da mira de grupos pró-impeachment. Fotos de parlamentares contrários à saída da presidente Dilma Rousseff foram coladas em postes na capital, Salvador, e no interior, na tentativa de convencê-los a votar hoje (17) a favor do impeachment. Na sexta-feira (15), membros do  Movimento Brasil Livre fizeram uma lavagem da entrada da residência do deputado Antonio Brito (PSD-BA), declaradamente contrário ao processo. "Nosso objetivo foi lavar a corrupção e a traição dos parlamentares que votam a favor de Dilma. E Antonio Brito é um deles", disse o coordenador do MBL na Bahia, Ricardo Almeida.

Na mesma linha, o grupo do MBL da Bahia também estendeu na noite de ontem uma faixa no viaduto Raul Seixas com os dizeres: "PSD Bahia e Otto: vergonha nacional". "A bancada baiana do PSD é a mais resistente a seguir o anseio do povo da Bahia. O leão de chácara Otto Alencar barra qualquer movimento neste sentido. Pois vão continuar sofrendo manifestações públicas de protesto", disse Ricardo Almeida.

Em Salvador, a manifestação pelo impeachment da presidente Dilma começou há pouco, no Jardim de Alah, onde foi instalado um telão para a transmissão da sessão de votação que acontece neste momento.

Mais sobre impeachment

Mais sobre o Brasil nas ruas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!