Depoimentos de procuradores são adiados para o dia 17

A longa duração da oitiva do delegado Matheus Mella Rodrigues levou ao adiamento do depoimento dos procuradores para um dia em que haveria apenas uma reunião administrativa da CPI

Depois de mais de 8 horas seguidas de oitiva do delegado Matheus Mella Rodrigues, responsável pela Operação Monte Carlo, os membros da CPI mista do Cachoeira decidiram adiar os depoimentos dos procuradores da República, Daniel de Rezende Salgado e Lea Batista de Oliveira, responsáveis pela Operação Monte Carlo, que agora deverão ser ouvidos no dia 17.

Leia mais sobre o caso Cachoeira
Leia outros destaques de hoje no Congresso em Foco

Uma reunião administrativa está marcada para a mesma data. O presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), afirmou que em um primeiro momento serão votados os requerimentos já apresentados e logo após os dois procuradores serão ouvidos. “Para não perder a reunião, nós vamos manter a data. Era contra-producente depois já de quantas horas reunidos, ainda ouvir os dois procuradores. O adiamento foi unânime”, disse.

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!