CPI da Máfia do Futebol convoca Ricardo Teixeira

Ex-presidente da CBF deverá comparecer ao colegiado em 19 de julho. Teixeira é investigado nos Estados Unidos e a Suíça por envolvimento com o esquema de corrupção na Fifa

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia do Futebol convocou nesta terça-feira (5) o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CPF) Ricardo Teixeira - que deverá comparecer ao colegiado em 19 de julho. Teixeira já faltou a uma convocação da comissão em 14 de junho. Ele é investigado nos Estados Unidos e na Suíça por suposto envolvimento com o esquema de corrupção na Federação Internacional de Futebol (Fifa).

A convocação de Teixeira foi anunciada pelo presidente da comissão, deputado Laudívio Carvalho (SD-MG), e confirmada durante a reunião da comissão desta terça-feira (5) para ouvir dirigentes das empresas que gerenciaram a construção da Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e do Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Ricardo Teixeira foi presidente da CBF por mais de 20 anos (1989 a 2012) e deve depor como convocado para explicar, por exemplo, as denúncias de recebimento de propina em contratos de marketing esportivo, além de irregularidades na campanha que levou o Brasil a sediar a Copa do Mundo em 2014.

Em junho, advogados do ex-dirigente apresentaram à CPI um atestado médico que informa sobre a internação de Teixeira no Hospital Israelita Albert Eintein, em São Paulo, na segunda-feira, para a realização de uma cirurgia.

Com informações da Agência Câmara

Mais sobre CPI do Futebol

Mais sobre a crise brasileira


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!