Corrupção na Petrobras é quase um bebê, diz FHC

Em entrevista à Globo News, o ex-presidente declarou que corrupção chegou a um nível tão grande na estatal que “não precisava ser presidente” para saber

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) afirmou, em entrevista na noite desta quinta-feira (19) ao canal Globo News que a “corrupção na Petrobras é uma mocinha de muito poucos anos, quase um bebê”. A frase é referência à presidente Dilma Rousseff (PT).

Durante o lançamento do pacote anticorrupção, Dilma afirmou que a corrupção no Brasil não foi inventada pelo PT. “Mesmo quem não votou em mim, sabe que a corrupção não foi inventada recentemente”, disse a presidente na quarta-feira última. “É preciso investigar corruptos e corruptores de forma rápida e efetiva para garantir a proteção do inocente ou do injustiçado”, defendeu a presidente.

Na entrevista desta quinta-feira, FHC disse que ele se “dói, como brasileiro” ao ver a Petrobras envolvida em denúncias de corrupção. “Nesse nível que chegou todo mundo sabia, não precisa ser presidente (para saber que haviam desvios de recursos na Petrobras)”, declarou o tucano.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!