Alterações na disputa pelo Prêmio Congresso em Foco

São 22h54 deste sábado, dia 22. Quase 3 mil votos foram registrados hoje no Prêmio Congresso em Foco 2007, segunda edição de uma iniciativa do Congresso em Foco que tem como objetivo central contribuir para estimular a população a analisar o desempenho individual dos parlamentares e julgar a atuação dos representantes eleitos. O projeto tem o patrocínio da Petrobras e da Brasil Telecom, além do apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Churrascaria Porcão e do Sindicato dos Jornalistas de Brasília.

Foram computados até agora 32.849 votos para os 16 senadores e 25 deputados que disputam o título de parlamentar que melhor exerce o seu mandato este ano: 18.601 para os deputados e 14.248 para os senadores. Agora, 11 parlamentares já têm mais de mil votos acumulados.

Cristovam Buarque (PDT-DF), com 1.885 votos, lidera no Senado, seguido por Eduardo Suplicy (PT-SP), com 1.828, e Pedro Simon (PMDB-RS), com 1.596 votos. Na Câmara, a primeira colocação é de Fernando Gabeira (PV-RJ), com 2.095 votos. Na seqüência, aparecem Luciana Genro (Psol-RS), com 1.482, e Chico Alencar (Psol-RJ), com 1.354 votos.

Nas demais colocações, algumas mudanças. A deputada Luiza Erundina (PSB-SP), por exemplo, ultrapassou José Eduardo Cardozo (PT-SP) e tem neste momento a sétima maior votação na Câmara. Osmar Serraglio (PMDB-PR) perdeu duas posições: foi superado, na preferência dos internautas, pelos gaúchos Maria do Rosário (PT) e Onyx Lorenzoni (DEM). No Senado, a ordem dos parlamentares mais votados não sofreu alteração nas últimas horas.

As regras do jogo

Desde terça-feira, os internautas respondem à seguinte pergunta: “Na sua opinião, quais deputados federais e senadores melhor representam a população no Congresso Nacional?”. O prêmio é disputado em duas fases.

Na primeira, realizada entre os últimos dias 10 e 12, 188 jornalistas que cobrem as atividades do Congresso escolheram os 41 parlamentares que, no seu entender, melhor representam a população no Câmara e no Senado. Na segunda, iniciada terça-feira (18) e que irá até 18 de novembro, os internautas definirão a classificação final dos deputados e senadores.

Todos os 41 serão premiados, por meio de troféus, placas e certificados, de acordo com a colocação que obtiverem após a manifestação dos leitores do Congresso em Foco.

O sistema de votação permite que o internauta escolha até cinco senadores e, no máximo, dez deputados. Para ser validado, o voto deve ser confirmado por meio de link, enviado ao e-mail informado pelo leitor.

Resultados da votação

Veja quais são os resultados da votação neste instante:

Senado – Cristovam, 1.885 votos; Suplicy, 1.828; Simon, 1.596; Paulo Paim (PT-RS), 1.208; Jefferson Péres, 1.171; José Nery (Psol-PA), 1.012; Arthur Virgílio (PSDB-AM), 739; José Agripino Maia (DEM-RN), 729; Aloizio Mercadante (PT-SP), 715; Tião Viana (PT-AC), 645; Demóstenes Torres (DEM-GO), 634; Renato Casagrande (PSB-ES), 484; Ideli Salvatti (PT-SC), 476; Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), 421; Delcídio Amaral (PT-MS), 417; Marisa Serrano (PSDB-MS), 288.

Câmara – Gabeira, 2.095; Luciana Genro, 1.482; Chico Alencar, 1.354; Ciro Gomes (PSB-CE), 1.036; Ivan Valente (Psol-SP), 1.026; Gustavo Fruet (PSDB-PR), 984; Luiza Erundina (PSB-SP), 828; José Eduardo Cardozo (PT-SP), 825;  Raul Jungmann (PPS-PE), 802;  Aldo Rebelo (PCdoB-SP), 747; Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), 681; Arlindo Chinaglia (PT-SP), 663; Flávio Dino (PCdoB-MA), 638; Maria do Rosário (PT-RS), 628; Onyx Lorenzoni (DEM-RS), 616; Osmar Serraglio (PMDB-PR), 613; Henrique Fontana (PT-RS), 561; Maurício Rands (PT-PE), 503; Marco Maia (PT-RS), 460; Beto Albuquerque (PSB-RS), 419; José Carlos Aleluia (DEM-BA), 417; Carlito Merss (PT-SC), 397; Antônio Carlos Pannunzio (PSDB-SP), 346; Augusto Carvalho (PPS-DF), 278; Fernando Coruja (PPS-SC), 202.

Acesse os resultados, atualizados on line. Se ainda não votou,  vá à página de votação. Para ter mais informações sobre o Prêmio Congresso em Foco, entre aqui. (Sylvio Costa)


Matéria publicada às 22h54 de 22.09.2007. Alterada à 1h25 de 23.09.2007.

Continuar lendo