Temer vê poucas chances de uma terceira via no Brasil

Mais recente “bombeiro” do governo de Jair Bolsonaro, o ex-presidente da República Michel Temer acredita ser difícil a consolidação de uma terceira via na figura de uma única candidatura ao Planalto em 2022. Com diversos candidatos de Centro, avalia, saem favorecidos os que polarizam, como Lula e Bolsonaro.

A avaliação foi feita em entrevista ao CB.Poder, do jornal Correio Brasiliense e da TV Brasília. Temer foi acionado em meio às tensões entre os poderes, principalmente por conta das manifestações antidemocráticas promovidas por bolsonaristas no 7 de setembro. O ex-presidente redigiu carta na qual Bolsonaro recuou e adotou tom mais ameno e defendeu a harmonia entre os poderes.

Temer também intermediou ponte com o principal desafeto de Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Alexandre de Moraes. Na entrevista, o ex-presidente também comentou as chances de a senadora Simone Tebet (MDB-MS) seguir como pré-candidata ao Planalto até outubro do ano que vem. Para ele, o partido só conseguirá definir se lançará mesmo uma candidatura própria mais para frente.

O emedebista disse não acreditar na abertura de impeachment contra Bolsonaro neste momento. “Você abre um processo de impeachment agora, vai durar uns 7, 8, 9 meses, vai bater com as eleições. Vai colocar o país numa agitação brutal”, disse.

> Atos esvaziados de domingo aumentam pressão sobre terceira via

> TCU suspende servidor que fez relatório falso sobre mortes por covid

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo