PT vai à Justiça para garantir que Lula participe de debate

Após oficializar o ex-presidente Lula como candidato, o Partido dos Trabalhadores (PT) vai recorrer ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) para que o candidato possa participar do primeiro debate entre os presidenciáveis, que vai ser realizado na próxima quinta (9) pela TV Bandeirantes. A informação é do portal de notícias Uol.

Lançado como candidato no último sábado (4), na convenção nacional do seu partido, Lula não pode participar dos debates porque está preso desde abril, após ser condenado na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro.

A juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela questão na primeira instância, já havia negado que o ex-presidente desse entrevistas. Desde a última quarta-feira (1º), a questão tramita no TRF-4, mas o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do caso, ainda não se manifestou.

Caso a Justiça não autorize a presença de Lula, o PT ficará fora do primeiro debate. Fernando Haddad, lançado como vice na chapa do petista, não poderá participar porque o debate é exclusivo para presidenciáveis.

“Não cabe à Band garantir que ele saia da cadeia para vir ao debate. Cabe à Band convidar o partido para trazer seu candidato, seja ele qual for”, afirmou Ricardo Boechat, hoje de manhã (6), em seu programa na rádio BandNews.

Confira na íntegra a matéria do Uol:

Oficializado candidato, Lula vai à Justiça para participar de debate

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!