Crivella é condenado por fake news sobre pedofilia nas escolas

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi condenado a postar em seu perfil no Facebook um direito de resposta concedido ao Psol. O que provocou a decisão da Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro foi um vídeo em que Crivella sugere, ao lado do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que o Psol incentiva a prática de pedofilia nas escolas. As informações são do jornal O Globo.

> Ibope no Rio de Janeiro: Eduardo Paes tem 53% e Crivella, 28%

A declaração foi dada em um contexto em que Crivella afirmou saber que Eduardo Paes, seu adversário nas eleições municipais, teria prometido o comando da secretaria de Educação, o que não procede.

"A liberdade de manifestação do pensamento deve ser exercida com responsabilidade no uso das informações, já que o interesse da coletividade na informação é que deve ser atendido. Não há interesse social justo na publicação de informações que se destinem à difusão de malignidade", diz a sentença.

> Campanhas de desinformação mobilizam conservadores contra líderes em votos

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!