Relator da reforma da Previdência no Senado entrega parecer nesta terça-feira

O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), vai apresentar o seu parecer nesta terça-feira (27). O relatório vai indicar quais mudanças o senador acredita que devem ser feitas no texto aprovado pela Câmara dos Deputados e será entregue ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

> Reforma da Previdência: como será a tramitação no Senado

"Amanhã (27), às 11h30, receberei, na presidência do Senado Federal, o relatório da Reforma da Previdência das mãos do relator da matéria na Casa, Tasso Jereissati (PSDB-CE) e da presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), Simone Tebet (MDB-MS)", informou Alcolumbre no Twitter, ressaltando que o Senado, "como casa da Federação, está comprometido em fazer desta reforma única que atenda a União, Estados e municípios".

A inclusão de estados e municípios na reforma, porém, não deve ser garantida já no parecer que será entregue nesta terça. O tema e todas as outras mudanças que o relator julgar importante serão tratadas em uma PEC paralela, para que o texto-base da reforma possa ser promulgado até outubro, como planejado pelos senadores.

Essas mudanças, contudo, devem ser indicadas nesta terça por Tasso Jereissati, que já mostrou interesse em "corrigir imperfeições" da reforma que atingem os trabalhadores mais pobres. Ele adiou até a entrega do parecer, que estava prevista para acontecer na última sexta-feira (23), para discutir esses ajustes com técnicos e outros senadores.

Na ocasião, Tasso afirmou que isso podia atrasar em quatro ou cinco dias o cronograma de tramitação da reforma no Senado, que prevê a aprovação do texto-base na primeira semana de outubro, já que é preciso haver um intervalo entre a apresentação e a votação do parecer na CCJ. O assunto, contudo, será debatido na reunião de líderes desta terça-feira, já que a ideia inicial da presidente da comissão, Simone Tebet, era votar o parecer de Tasso já nesta quarta-feira (28).

> PEC Paralela discutirá questão de militares, estados e pensão por morte

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!