AI-5: Eduardo não se desculpa na Câmara e pede debate sobre 1964

1964AI-5cassação EduardoComissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacionalditadura miliarEduardo Bolsonarofilho do presidentegolpe militarpaulão
Comentários (4)
Comentar
  • Nelson Carvalho Nelson Carvalh

    O que acho estranho é os esquerdistas quererem processar o Eduardo Bolsonaro, que falou em AI5 como uma hipótese e eles, esquerdistas, defenderem abertamente as ditaduras no mundo, como Cuba, Venezuela, Coreia do Norte, ditaduras de países africanos.
    Por que todos os que bradaram e pedem a cassação do mandato do filho do Bolsonaro também não pedem, pelos mesmos motivos, a cassação destes esquerdistas ?
    Onde estão os ministros do STF, OAB, etc., etc., etc. que ouvem abertamente estes “democratas” defenderem as ditaduras no mundo e não se manifestam contra eles, pedindo suas cassações ?

  • Clorys Cury

    Incrível como está difícil entender os que este moço fala. Assisti a entrevista com Leda Nagle e lembro de ter ouvido dizer que se a esquerda continuasse a criar conflitos e agressões, muitas ações poderia ser tomadas, inclusive o AI-5. Possibilidade não é confirmação!

  • Sidney Frederico

    Ao meu ver, o PSDB também deveria entrar com a representação junto a Comissão de Ética da Câmara. Muitos de seus correligionários, na época, lutaram contra a ditadura militar

  • Jose Mayo

    Ontem, 05/11, houve uma grande manifestação da esquerda em todas as cidades do Brasil… alguém viu? Pois é… Fiquem tranquilos!