“Governo escolheu isentar templos, não livros”, diz representante de editoras

Câmara Brasileira do LivrocbsimpostosleiituralivrosMarcos PereiraRandolfe Rodriguesreforma tributáriaSindicato Nacional dos Editores de Livros
Comentários (2)
Comentar
  • Passagem para o mundo!

    Vai ser a pá de cal das editoras que já acumulando prejuízos e de grandes livrarias como a Cultura. Lamentável.

  • Paulo Dante

    Livro não vota!! Já os idiotinhas que apoiam esse desgoverno…..