Empresário afirma que pagou R$ 1 milhão por liberação de obra no TCU

Aroldo Cedrazcorrupçãodelação premiadaoperação lava-jatoRaimundo Carreiroricardo pessoaTCUTiago CedrazUTC
Comentários (0)
Comentar