Se demoro ou se não demoro: qual será o futuro do ministro da Justiça

Bruno Salles Pereira RibeiroCCJCCJ do SenadoDireito PenalExecutivoJustiçalegislativoMarcela Fleming S. Ortizministério público federalministros do STFoperação lava-jatoSenadoSérgio MoroSTFThe Intercepttrês poderes
Comentários (3)
Comentar
  • Bento Sartori de Camargo

    O futuro demoro é um só: PRESIDENTE DA REPÚBLICA sem a menor dúvida, só corruptos e safados não desejam isso de forma alguma pois “é cadeia na certa”!.

  • João Guilherme Maia

    NÃO TEM JEITO O JULGAMENTO DO HABEAS CORPUS DE LULA FICOU PARA AGOSTO. E LULA AINDA NÃO FOI DESSA VEZ.
    Melou o julgamento de habeas corpus de Lula no STF ficará para agosto. Este pedido do advogado de Lula era um dos últimos itens da pauta da 2ª Turma e não haverá tempo para os ministros concluírem análise, petista alega parcialidade do então juiz Sérgio Moro. A defesa do petista argumenta no pedido que o ex-juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça do governo do presidente Jair Bolsonaro, atuou com parcialidade no processo que culminou em sua condenação no processo do tríplex do Guarujá. Para o azar do Lula o presidente da segunda turma que iria julgar o pedido, era nada mais, nada menos que a ministra Cármen Lúcia e ela não compactua com as coisas erradas que os ministros do STF tem feito nos últimos tempos como soltar bandidos de colarinhos brancos, presos pela operação da Lava Jato e que causaram tantos maus ao Brasil e a seu povo. Só para ter uma ideia, o voto do ministro Gilmar Mendes tinha 40 páginas. Por isso, Haja tempo para ser analisado tal voto.

  • Lair Amaro

    “Maior esquema de corrupção do mundo”?