Ainda faz sentido ser social-democrata no século 21?

direitaesquerdasocial-democraciathomas piketty
Comentários (6)
Comentar
  • Teresinha Winter

    O anticomunismo é só uma “estratégia”. Ninguém com um mínimo conhecimento acredita nisso. É só um falso “inimigo comum” que une os sem-cérebro.

  • Paulo Gastaldo

    Parabéns pela forma didática com que a crônica foi redigida, no entanto, eu, pelo menos, não resisto a um reparo: o comunismo não foi destruído, ele foi apenas vencido, temporariamente, enquanto força política, mas os comunistas estão por aí, atuantes e fortes. E não necessitam de muitos seguidores, já que sempre obtiveram o Poder por artimanhas políticas

  • celso vasconcellos

    Bla… bla… bla! Os esquerdopatas jamais deixarão de sê-lo… em qualquer parte do mundo. O atraso que representam está sempre à espreita.

  • Fábio

    Chega de social-democracia, um indisfarçável socialismo light. Se o socialismo raiz (daqueles tresloucados marxistas revolucionários) leva à debacle econômica rápida, a social-democracia, baseada nos mesmos equívocos econômicos, também produz efeito igual, mas de forma gradativa. Vide o fracasso econômico da França ou mesmo do Brasil no pós-redemocratização.
    Essa ideia totalitária de um Estado paternalista é insustentável economicamente. Precisamos é de livre mercado, única forma de gerar prosperidade econômica, e que nunca tivemos. A desigualdade é irrelevante, o importante é aferir se todos têm condições econômicas mínimas, e isso o liberalismo propicia.

  • Domingos Torres

    Dá uma lida com mais calma nas obras do Olavo de Carvalho. Não pode depois argumentar que não sabia.

    • Teresinha Winter

      Daí citam o “filósofo” de coisa nenhuma Olavo de Carvalho!!! Querem o quê, além de fazer a gente rir??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk