Deputados criticam Bolsonaro por defender trabalho infantil

BolsonaroCapiberibeCarlos Verasdrogasgovernotrabalho infantilTúlio Gadelha
Comentários (6)
Comentar
  • Valdir

    Comentário que postei na outra matéria, mas serve para essa também:
    “Como adoram “colocar palavras na boca do Presidente”, não?
    A matéria está cheia de contradições com a realidade.
    Qual a fonte da “constatação empírica” do que afirmam? Também comecei trabalhar aos 8 anos, na década de 50. Fui considerado nessa constatação de vocês?
    Ao contrário do que afirma a matéria, não é o trabalho que leva a criança a usar droga. Ao contrário.
    Usem de argumentos mais consistentes, do tipo: “Nos dias de hoje, não há porque uma criança começar a trabalhar precocemente, pois tem como o governo oferecer condições para tal.”
    Mas, tem que oferecer tais condições, pois o que assistimos é um bando de ladrões que desviam o dinheiro dos cofres públicos, deixando o pobre sem saúde, educação, segurança, mas dão luxúrias a parlamentares, servidores públicos dos três poderes.
    Me digam se o Seu João e Dona Maria têm ajuda de bolsa de estudo de R$ 7.000,00 para seus filhos até os 24 anos? Me digam se o Seu João e Dona Maria têm ajuda moradia de R$ 4.300,00?
    Bando de hipócritas!”

  • Valdir

    Vou copiar meu comentário da outra reportagem sobre esse mesmo assunto e já posto aqui…

  • Bento Sartori de Camargo

    Parabéns Presidente Bolsonaro, existe uma cambada de politiqueiros otários que misturam alhos com bugalhos, ora qualquer adolescente na maioria das vezes além de estudar gosta de fazer algo ou seja trabalhar com os pais ou até com outras pessoas e naturalmente preparando-se para a vida. E se por acaso algum patife explorar o menor, aí é caso de denúncia e punição rigorosa ao infrator. Só e simples assim. Chega de criar vagabundos sem ânimo para o serviço, afinal as gerações passadas trabalharam desde pequenos e todos tiveram sucesso na vida, estavam preparados para o trabalho desde pequenos.

  • Cleunice

    Tô contigo, presidente. No passado, quando a meninada se ocupava com algum trabalho, não existia Instituição CASA – antiga FEBEM. Vá em frente, capitão! Não se deixe intimidar por quem já destruiu boa parte dos jovens e adolescentes e deseja continuar destruindo com vagabundice, droga, roubo, crime.

    • Felix

      Existiam os grupos que assassinavam crianças… .

      • Bento Sartori de Camargo

        Esses grupos é caso de polícia e muito tempo de cadeia!.