Colunistas

Criatividade de chefs dribla crise econômica

Em tempos de retração da economia é preciso se reinventar e criar novos caminhos para viabilizar negócios. Na gastronomia, esses movimentos crescem e vão agregando novos serviços em restaurantes. Os chefs de cozinha organizam jantares em casa, e diversificam a oferta de produtos customizados, com eventos preparados com design “sob encomenda” dos comensais.

É um jogo em que todos ganham. Podemos receber amigos em casa e oferecer um jantar ao estilo de um restaurante sofisticado, com cardápio combinado ao nosso gosto, harmonização de bebidas e serviço de garçom ou copeira. A coluna já tratou deste tema em edições anteriores (ver texto publicado em 3 de novembro de 2016, “Celebrando com amigos”) e forneceu contatos de alguns profissionais de gastronomia que cozinham na sua casa ou levam o jantar pronto para servir.

A cozinha maravilhosa da animação Ratatouille

A iniciativa está sendo muito bem recebida e as ofertas de jantares “surpresas” aparecem com frequência. O próximo é agora em 8 de abril, com o “Jantar Bistrô” dos chefs franceses Lionel Ortega e Cedric Pol, numa casa do Lago Sul.  No jantar, serão servidos quatro pratos a preço fixo, com harmonização de vinhos. Os dois prometem aos comensais “um requintado jantar com um toque especial da gastronomia francesa”.

Em São Paulo, alguns restaurantes estão se reinventando e alugando o espaço para “miniweddings”, uma boa opção para casais que querem celebrar o casamento em alto estilo para amigos do círculo mais íntimo. Uma das casas paulistas pioneiras da iniciativa foi o restaurante Ruella, quando em 1999 a chef Danielle Dahoui entrou no seu espaço de vestido de noiva e buquê. Ela preparou tudo direitinho, de garçons vestidos de anjos e juiz de paz. Nunca mais parou de fazer casamentos no Ruella e também nas filiais abertas em outros bairros.

Hoje são vários os restaurantes em São Paulo de chefs conhecidos, como Rodrigo Oliveira, do Mocotó, que preparam mini casamentos “sob medida”. Em parceria com um bufê, abriu o Mocotó Festas, que organiza eventos em diversos formatos com cardápio brasileiro. Se for da vontade dos noivos, a celebração pode acontecer ao estilo de um boteco sertanejo, com caipirinha e dadinho de tapioca.

Há opções variadas de casamentos para grupos menores de convidados, com cardápio e decoração de ambiente executados segundo a vontade dos noivos. Em tempos de economia em crise, a iniciativa é muito bem-vinda e tende a se espalhar para outras capitais.

Aqui, os contatos dos chefs Lionel Ortega ( 61-98271 1718 ) e Cedric Pol  (61-99698 2511).

Mais sobre Brasília

Mais sobre gastronomia

Continuar lendo

Sobre o autor

Miriam Moura

Miriam Moura

Miriam Moura é jornalista, com larga experiência na cobertura política em Brasília. Trabalhou em jornais como O Globo, O Estado de S. Paulo e foi assessora de Comunicação em tribunais superiores, como STJ, TST e CJF. É diretora de Consultoria e Treinamentos na Oficina da Palavra e In Press Oficina.

Outros textos de Miriam Moura.

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:




Publicidade Publicidade