Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

Temer libera emendas e concede reajustes salariais

Na véspera de seu recesso de fim de ano, presidente tenta agradar base no Congresso e categorias que não tiveram projetos de aumentos aprovados em 2016, informa O Globo. Peemedebista receberá prefeitos que querem antecipar recursos da repatriação

 

Beto Barata/PR

Governo levantou emendas empenhadas e não liberadas desde 2007, segundo jornal

 

O presidente Michel Temer decidiu tomar duas medidas para agradar a sua base aliada no Congresso e categorias profissionais que não tiveram projetos de reajuste salarial aprovados este ano. Segundo O Globo, Temer pretende liberar emendas empenhadas nos últimos anos para atender os parlamentares e lançar, por medida provisória, um pacote de aumento salarial para auditores da Receita Federal, médicos peritos do INSS, auditores do Trabalho e servidores do Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com o jornal, os reajustes serão em torno de 28% e deverão ser pagos de maneira escalonada, a exemplo das correções aplicadas a outras categorias contempladas ao longo do ano. O valor das emendas a serem liberadas ainda não foi divulgado. O governo fez levantamento de todas aquelas estavam empenhadas, ou seja, tinham promessa de liberação, desde 2007.

No último dia de trabalho antes de seguir de recesso para o litoral fluminense, na Restinga da Marambaia, o presidente receberá, nesta manhã, prefeitos de diversas capitais. Eles solicitaram uma reunião de emergência para pedir que o dinheiro arrecadado com o projeto da repatriação seja liberado para os municípios ainda nesta quinta-feira. A liberação está prevista para esta sexta-feira (30), dia de feriado bancário. Com a antecipação, eles querem quitar pagamentos pendentes, já que no domingo (1º) serão empossados os novos prefeitos.

Leia a íntegra da reportagem no Globo

Mais sobre reajustes salariais

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade