Quinta, 30 de Março de 2017

Petição pede afastamento imediato de distritais envolvidos na Operação Drácon

Objetivo da campanha é acumular 300 assinaturas para pressionar a autoridades para tomar providências contra os cinco deputados denunciados pelo Ministério Público

Reprodução

Objetivo da petição é acumular 300 assinaturas e entregar ao Ministério Público e ao Tribunal de Justiça do DF

 

Em protesto de apoio às denúncias da Operação Drácon, um grupo da sociedade civil criou uma petição pública online para reunir assinaturas e pressionar a autoridades para tomar providências contra os cinco deputados envolvidos. O objetivo é reunir 300 assinaturas, até as 18h desta quarta-feira (1), 253 pessoas já haviam assinado o documento online.

No texto, o grupo chamado Resgatar Brasília diz que as denúncias envolvendo os deputados distritais são “gravíssimas”. A campanha diz que os parlamentares envolvidos “não estão preocupados com a população do Distrito Federal e sim com seus interesses próprios e escusos”. São citados na Drácon: Bispo Renato (PR), Celina Leão (PPS), Julio Cesar (PRB), Cristiano Araújo (PSD) e Raimundo Ribeiro (PPS).

A Operação Drácon envolveu os cinco deputados que ocupavam a Mesa Diretora no primeiro biênio desta legislatura (2015-2016). Eles chegaram a ser afastados da Mesa, mas retornaram seus postos após liminar. Apenas a então presidente, Celina Leão (PPS), continuou fora da Mesa. Atualmente, todos exercem seus mandatos normalmente.

Mais sobre Operação Drácon

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade