Temer divide a direita e une a esquerda

Julio Roberto de Souza Pinto *

Parte da direita (PSDB, Folha, Estadão etc.), apesar do crescente volume de provas do envolvimento do presidente em condutas criminosas investigas pela Lava Jato, quer a permanência de Temer. Para esses, mais importante do que a moralidade na política são as “reformas necessárias à retomada do crescimento econômico”.

Outra parte da direita quer a saída de Temer, mas sem eleição direta (Globo etc.). Esses dizem querer moralizar a política, mas na verdade também estão mais preocupados com os ganhos (ou perdas) econômicos. Estão convencidos de que, diante dos sucessivos escândalos envolvendo o presidente, sua permanência no Palácio do Planalto desagregaria mais do que agregaria as forças “modernizadoras do Estado”. Mas não estão preparados para eleição direta.

Para esses, tanto quanto para quase todos os outros que disputam o poder, moralidade na política e democracia ou participação popular são expedientes a que lançar mão apenas quando forem menos custosos. As esquerdas, quase sempre divididas, unem-se em sua oposição a Temer e suas tentativas, algumas já exitosas, de reverter as políticas de inclusão social, redução da pobreza e da desigualdade social levadas a cabo pelos governos anteriores.

Mas não querem uma solução negociada pela direita. Ou seja, não aceitam um novo presidente escolhido por um Congresso majoritariamente comprometido com o poder econômico. Querem eleição direta, até porque estão convencidas de que Lula, entre todos os postulantes à presidência da República, é o que reúne as melhores condições de ganhar. Para tanto, recorrem inclusive ao mesmo discurso de moralidade política e à mesma estratégia de ocupação das ruas que há bem pouco tempo foram aparelhados pela direita para pôr fim ao relativamente longo ciclo de governos de esquerda.

* Advogado, doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília, pesquisador da Universidade de Oxford (2011- 2012) e da Universidade de Duke (2014-2015), e professor do Mestrado Profissional em Poder Legislativo da Câmara dos Deputados.

Situação e futuro de Temer dividem os principais jornais do país

Data da Operação Carne Fraca derruba versão de Temer para receber Joesley no Jaburu

Continuar lendo

Publicidade Publicidade