Pesquisas mostram vantagem do PT no 2º turno

Fabio Pozzebom/ABr

A última pesquisa do instituto Datafolha aponta vantagem de Fernando Haddad sobre José Serra na disputa do segundo turno das eleições em São Paulo

As análises que apostavam que o julgamento do mensalão, em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), poderia comprometer o desempenho do PT nas urnas das eleições municipais não tiveram êxito. A despeito da condenação de alguns dos principais líderes do partido, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino, os candidatos petistas deverão repetir no segundo turno o bom desempenho que já tiveram no primeiro turno do pleito municipal. É o que indicam as últimas pesquisas de opinião sobre o segundo turno nas capitais.

Se as pesquisas estiverem corretas – os institutos cometeram muitos erros no primeiro turno –, o PT está na frente na corrida por quatro das prefeituras de capitais em que há segundo turno. Entre elas, está a joia da coroa da disputa: a maior cidade do país, São Paulo.

Clique aqui para ver as últimas pesquisas em cada capital
Boca de urna do Ibope erra em oito de 11 capitais

Ibope admite erro em Salvador, Curitiba e Manaus
Tudo sobre as eleições 2012

De acordo com a pesquisa do Instituto Datafolha divulgada no dia 19 de outubro, o candidato do PT, Fernando Haddad, tem 49% das intenções de voto, contra 32% conferidos a seu adversário do PSDB, José Serra. Além de São Paulo, o PT está na frente em Rio Branco (AC), com Marcus Alexandre (segundo pesquisa do Ibope divulgada no dia 19), e em João Pessoa (PB), com Luciano Cartaxo (segundo pesquisa do Instituto Consult do dia 12 de outubro).

Em Fortaleza, há uma situação inusitada: as últimas pesquisas divulgadas discrepam completamente no resultado. O Ibope aponta liderança do candidato do PSB, Roberto Cláudio, com 41% das intenções de voto contra 39% conferidos a Elmano Freitas, do PT. Já o Datafolha confere a vantagem a Elmano Freitas, com 42%, contra Roberto Cláudio, no caso com 37%. As duas pesquisas foram divulgadas no mesmo dia: 18 de outubro. Assim, no levantamento, o Congresso em Foco conferiu vantagem, no caso de Fortaleza, tanto ao PT quanto ao PSB, a depender da pesquisa.

Assim, contando Fortaleza, o PT aparece na frente em quatro capitais. O PSDB lidera as pesquisas em três: Belém, com Zenaldo Coutinho (de acordo com pesquisa do Vox Populi de 15 de outubro); Manaus, com Arthur Virgílio (segundo Ibope do dia 19 de ouubro), e Teresina, com Firmino Filho (conforme Datafolha do dia 17 de outubro).

O PDT também está na frente em três capitais: Curitiba (segudo o Ibope do dia 19), com Gustavo Fruet; em Natal, com Carlos Eduardo Alves (conforme o Ibope do dia 18 de outubro) e em Macapá, com Roberto Góes (segundo Ibope do dia 22 de outubro).

O PSB lidera em duas cidades, caso se considere a pesquisa do Ibope em Fortaleza, e não a do Datafolha. Nesse caso, os socialistas estão à frente em Cuiabá, com Mauro Mendes (é o que informa pesquisa do Ibope, do dia 19 de outubro), e em Fortaleza, com Roberto Cláudio.

PMDB, PP, PV, DEM, PTC e PPS lideram em uma capital.

Margem de erro

É importante atentar que em três pesquisas as vantagens registradas ficam abaixo da margem de erro dos levantamentos. Assim é com a pesquisa do Ibope que aponta a vantagem de Roberto Cláudio sobre Elmano Freitas em Fortaleza. O candidato do PSB está dois pontos percentuais à frente de seu adversário do PT, quando a margem de erro registrada pelo Ibope para essa pesquisa é de três pontos percentuais. Em Macapá, a pesquisa do Ibope mostra Roberto Góes, do PDT, quatro pontos percentuais a frente de Clécio Vieira, do Psol. É de quatro pontos percentuais a margem de erro da pesquisa. E em Rio Branco, a vantagem de Marcus Alexandre, do PT, sobre Tião Bocalon, do PSDB, é de dois pontos percentuais, quando a margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais.

Clique aqui para ver as últimas pesquisas em cada capital

Saiba mais sobre o Congresso em Foco

Continuar lendo

Publicidade Publicidade