Arthur Lira (PP-AL)

É  alvo de dois inquéritos (3153 e 3156) por coação no curso do processo e ameaça. Também é investigado, na Justiça de Alagoas, por envolvimento no esquema que desviou R$ 300 milhões da Assembleia Legislativa, desbaratado em 2007 na Operação Taturana, da Polícia Federal.

“Em relação ao Inquérito 3153, o deputado ainda não foi citado. Já o Inquérito 3156 está arquivado”, alega a assessoria.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade