Sexta, 20 de Janeiro de 2017

Todas as postagens de Aldemario Araujo Castro

Violência como resposta para a violência?

“Por que, então, países como a Holanda e Suécia fecham presídios? Certamente, não é porque suas forças policiais promovem contínuas eliminações físicas de meliantes. São duas as razões mais importantes”

Continue lendo...
Licitação para compra de lanches e refeições para o avião presidencial, no valor de R$ 1,75 milhão, foi cancelada após críticas sobre pedido de sorvetes importados e creme de avelã

Operações compromissadas: o Häagen-Dazs dos bancos

“Um dos objetivos históricos da República consistiu justamente em eliminar privilégios da realeza. Assim como os sorvetes, cremes e tortas, outras “vantagens” precisam de atenção por parte da sociedade civil. Entram nesse campo, os veículos de representação, os lanches em tribunais, os auxílios-moradias, as seguranças pessoal e domiciliar, etc, etc, etc”

:

Ativismo judicial: entre a necessidade e o excesso

“A verdadeira razão para a atuação mais intensa do Poder Judiciário nos últimos anos decorre de uma profunda mudança do paradigma de compreensão do funcionamento da ordem jurídica”

Fidel

Fidel: o símbolo de um dilema

“O líder cubano pode e deve ser reconhecido positivamente como uma das figuras mais marcantes da história na tentativa de concretizar o ideal de justiça social plena, de superação das opressões e explorações no convívio social. Mas também deve ser reconhecido negativamente como protagonista de um caminho que não deve ser trilhado”

Corrupção

As fragilidades da AGU para resistir à sua captura por interesses não republicanos

“Infelizmente, a AGU não tem atraído a merecida atenção da sociedade e dos poderes públicos, particularmente em função de sua importância estratégica na prevenção de atos de improbidade e malfeitos de toda ordem”

Proposta do teto de gastos é rejeitada por parcela da população

O absurdo do novo regime fiscal

“Ao sustentar a necessidade de estabilizar o crescimento da despesa primária (despesa não financeira) como instrumento para conter a expansão da dívida pública, a PEC 241/2016 incorre em três erros capitais”, diz autor. Veja quais são

Publicidade Publicidade