Bolsonaro vai à padaria e ouve protestos: “Assassino”; veja o vídeo

O presidente Jair Bolsonaro voltou a passear por Brasília durante a pandemia de coronavírus. Nessa quinta-feira (9), o presidente foi para uma padaria na Asa Norte. Por lá, o chefe do Executivo foi alvo de vaias, gritos e panelaços. Gritos de "assassino", "fora Bolsonaro", "pilantra safado" e vaias foram ouvidos.

No último dia 29, o presidente já havia ido para um comércio com grande movimento em Ceilândia, no Distrito Federal.

O presidente tem desrespeitado, reiteradamente, os pedidos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde de se evitar aglomerações. Somente no Distrito Federal, já são 527 pessoas infectadas com covid-19.

> Três pessoas por quarto e sem home office: as dificuldades do isolamento nas favelas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!