Cid grava vídeo para explicar bronca no PT e reafirma voto em Haddad. Bolsonaro usa imagens na TV

Eleito senador em 7 de outubro, o ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) gravou e divulgou para a campanha do PT um vídeo (veja abaixo) em que tenta desfazer o mal estar causado com outra aparição, veiculada nas redes sociais desde a noite de segunda-feira (15), em que desfere pesadas críticas ao PT em pleno palanque de Fernando Haddad e Manuela D'Ávila (PCdoB), sua vice na corrida eleitoral. Depois da polêmica causada, Cid declara voto em Haddad em segundo turno em cerca de 20 segundos de filme.

Como este site mostrou ontem (terça, 16), o irmão do presidenciável Ciro Gomes (PDT), terceiro lugar no primeiro turno, cobrou um mea culpa do PT e disse que o partido perderá “feio” o segundo turno presidencial por não admitir que fez muita “besteira”.

PDT anuncia apoio crítico à candidatura de Haddad

Na ocasião, Cid foi vaiado por militantes petistas e reagiu chamando-os de “babacas”. “É por isso que vocês vão perder”, vociferou. Ele também responsabilizou o PT pelo crescimento de Jair Bolsonaro (PSL), que passou com Haddad para o segundo turno com uma vantagem de quase 17 pontos percentuais, cerca de 18 milhões de votos.

O vídeo tem sido longamente explorado por Bolsonaro em seu programa eleitoral de rádio e TV. No vídeo divulgado nesta quarta (17), Ciro critica a atitude do ex-capitão do Exército. “Com tudo o que penso e diante de tudo o que falei, não é correto o que fez o outro candidato, usando imagens minhas meditadas, sem minha autorização”, diz o ex-governador cearense. “Que não fique nenhuma dúvida: nesse segundo turno, Haddad é o melhor para o Brasil. Votarei no Haddad no dia 28.”

Veja o vídeo:

 

Além do vídeo, Cid já acionou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que as imagens em que esbraveja contra o PT tenha veiculação proibida por Bolsonaro. A Corte recebeu a reclamação nesta terça-feira (16) e ainda não decidiu sobre a questão. A expectativa é que a campanha do deputado se antecipe a uma decisão do TSE e não mais volte a explorar a aparição de Cid em sua propaganda gratuita de rádio e TV.

 

Cid Gomes cobra mea culpa do PT, chama petistas de babacas e diz que partido merece perder. Veja o vídeo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!