Energia nuclear, energia limpa?

artigocombustívelenergiaenergia nuclearHeitor ScalabriniOpiniãousina nuclear
Comentários (1)
Comentar
  • Rárisson Sampaio

    O texto traz uma problematização pertinente e interessante, mas parte de uma premissa equivocada e agressiva com os interlocutores.

    Quando se fala sobre energia limpa, refere-se às emissões de gases poluentes em seu processo de geração. Obviamente, para toda e qualquer atividade humana, seja no setor energético ou não, há impactos associados de alguma natureza. Isso, por si, não faz da energia limpa ou suja, como propositalmente se refere o autor.

    Tema importante, mas claramente carece de mais honestidade na sua exposição.

  • Rárisson Sampaio

    O texto traz uma problematização pertinente e interessante, mas parte de uma premissa equivocada e agressiva com os interlocutores.

    Quando se fala sobre energia limpa, refere-se às emissões de gases poluentes em seu processo de geração. Obviamente, para toda e qualquer atividade humana, seja no setor energético ou não, há impactos associados de alguma natureza. Isso, por si, não faz da energia limpa ou suja, como propositalmente se refere o autor.

    Tema importante, mas claramente carece de mais honestidade na sua exposição.