Para Bolsonaro, “o peixe não morre com o óleo porque tem inteligência”

Como tem feito semanalmente desde que se elegeu, o presidente Jair Bolsonaro faz uma live nesta quinta-feira (7). Nesta semana, o mandatário chamou novamente o ministro da pesca Jorge Seif Júnior, que declarou na semana passada os peixes desviariam do óleo que está chegando nas praias do nordeste há dois meses, por serem inteligentes. Em uma tentativa de defender o ministro, que foi vítima de chacota nas redes sociais, o presidente reiterou a fala e afirmou: "Logicamente que alguns [peixes] morrem em razão da mancha [de óleo], em especial os que vivem mais na superfície como o golfinho(sic) que precisa respirar, acontece. Mas o peixe tem inteligência, pô", disse Bolsonaro.

> Globo, ministros preferidos, Trump e golden shower: o que dizem os 2 mil tuítes de Bolsonaro

Segundo o mandatário, um exemplo que prova a inteligência do peixe seria a dificuldade que se tem ao pescar com isca boa. "Afinal de contas, né? Quando você está pescando ele desconfia, a isca é boa, mas ele desconfia e não morde", completou o presidente.

O ministro afirmou que tem estudos que comprovam que o peixe desvia daquilo que é desconhecido e agradeceu por ter ganhado mais de mil seguidores nas redes sociais após virar motivo de piada na internet.

Logo no início da transmissão Bolsonaro já deu uma pista do assunto que trataria na live, e perguntou a Jorge Seif se ele tem desviado de muitas manchas, o ministro respondeu afirmando, em tom de brincadeira, ser inteligente que nem um peixe. "Eu sou inteligente igual o peixe, eu saio fora", disse o ministro rindo.

Dentre os assuntos abordados por Bolsonaro, o presidente criticou a medida anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs mudanças nas regras de compensação da energia gerada pela mini e pela microgeração distribuída, como é o caso da energia solar. As alterações incluem a cobrança pelo uso da rede elétrica e a suspensão gradual de outros subsídios, o que, na avaliação de parlamentares, vai desestimular investimentos em energias renováveis.

*Com informações da Agência Senado

Campanha do Congresso em Foco no Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!