Manifestantes vaiam Deltan Dallagnol durante palestra e são expulsos

No último sábado (19) manifestantes interromperam uma palestra do procurador Deltan Dallagnol em Porto Alegre (RS). Impulsionados pela divulgação das conversas que ficaram conhecidas como Vaza Jato, é possível identificar em um vídeo que circula na internet, cerca de dez pessoas vaiando e exibindo cartazes contra a Operação Lava Jato.

> Gilmar Mendes diz que Deltan Dallagnol pratica corrupção rasteira

Deltan estava palestrando sobre "A luta contra a corrupção e a ética nos negócios" no 7º Seminário do Representante Comercial Gaúcho. Logo após o início das vaias, em um outro vídeo é possível ver que maioria da plateia começou a vaiar e emitir palavras de ordem pela saída dos manifestantes que deixaram o local. Após o término da palestra, Deltan foi aplaudido de pé pelos presentes.

O procurador foi um dos nomes mais afetados pelo vazamento de conversas internas do núcleo da Operação Lava Jato. Nos arquivos divulgados pelo The Intercept, é possível ver o procurador articulando manobras contra investigados. Deltan, segundo as divulgações, também articulou a criação de uma empresa para lucrar com a fama obtida na Lava Jato, cogitando usar o nome de sua mulher como laranja. Em meios as divulgações, o procurador disse que não reconhece a autenticidade das conversas e que grande parte dos lucros obtidos nas palestras são direcionados a entidades filantrópicas.

Questionado através de sua assessoria se a palestra deste fim de semana foi remunerada, o procurador se negou responder.

> Filhos e advogados plantaram armadilha contra Bolsonaro, diz Major Olimpio

Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!