Jair Bolsonaro volta a atacar a imprensa em live

O presidente Jair Bolsonaro entrou ao vivo no seu Facebook, como faz desde que se elegeu. O presidente fez fortes ataques à Folha de S. Paulo e a TV Globo.

> Bolsonaro quer reeditar medida provisória que prejudica jornais

Bolsonaro reforçou que cortou a assinatura do jornal Folha de S. Paulo em todos os ministérios do governo. Segundo Bolsonaro, o jornal publica notícias para prejudica-lo, o que, na visão do mandatário, justificaria o corte das assinaturas nos órgãos públicos federais.

O presidente relembrou a matéria que a Globo veiculou contando que o porteiro do condomínio onde o presidente tem casa, havia citado o seu nome no caso Marielle Franco. Nesta semana, o porteiro deu um novo depoimento e afirmou que se confundiu quando citou o nome do "seu Jair" na primeira ocasião. Segundo Bolsonaro, a Globo fez isso para liga-lo ao caso.

O presidente citou também uma notícia veiculada na rádio CNB, em que o seu filho, Carlos Bolsonaro, aparece como um dos investigados pelo assassinato da vereadora. Bolsonaro voltou a dizer que o governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, está coordenando a investigação da polícia civil para envolver o nome de sua família neste caso.

Veja como foi:

> Bolsonaro se reúne com deputados do Centrão para debelar insatisfação
> Deputados cobram fatura da reforma da Previdência e ameaçam Bolsonaro

Campanha do Congresso em Foco no Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!