7 vídeos que impactaram o governo Bolsonaro e o Congresso na semana

Na última semana o que não faltou foi notícia quente com vídeos virais. Teve o presidente da República comparando o Supremo Tribunal Federal e outras instituições a hienas, teve live de Bolsonaro prometendo não renovar concessão da Rede Globo. Não vamos nos esquecer dos militares que chamaram o presidente de traidor no Congresso e da entrevista polêmica de Ciro Gomes a este site, dizendo que Lula é um enganador profissional e responsável pela "tragédia que estamos vivendo". E, claro, Eduardo Bolsonaro sinalizando com a volta do AI-5, em entrevista à apresentadora Leda Nagle. O filho 03 do presidente ainda se envolveu em outra polêmica, uma troca de "ofensas pornô" com o deputado Alexandre Frota na CPI mista das Fake News.

O Congresso em Foco reuniu um resumo de tudo isso pra você:

>> Logo na segunda (28), Bolsonaro publicou no Twitter trecho de um vídeo, sugerindo que é um leão atacado por hienas do PT, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Organização das Nações Unidas (ONU) e do Supremo Tribunal Federal. O presidente apagou o vídeo e pediu desculpas.

>> Na terça (29) o ex-líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), acusou o presidente de trair os militares com a reforma da Previdência da categoria. É claro que o Congresso em Foco estava lá para registrar este momento.

>> Na mesma noite um Bolsonaro completamente exaltado reagiu à reportagem da TV Globo sobre um depoimento que o citava nas investigações do assassinato de Marielle Alves e Anderson Gomes. Em uma live feita da Arábia Saudita, onde estava em missão oficial, o presidente ameaçou não renovar a concessão da emissora carioca.

>> Ainda na terça (pensa em um dia agitado!), os militares que estavam na comissão especial da reforma previdenciária começaram a chamar Bolsonaro de traidor e afirmaram que nenhum praça votaria mais no capitão da reserva.

>> Quarta-feira (30) também foi quente dentro do Congresso Nacional. O deputado Eduardo Bolsonaro foi até a CPI da Fake News para bater boca com Alexandre Frota (PSDB-SP). Em vez de uso de milícias digitais, o assunto que roubou a cena foi a "intimidade" de um e outro com filmes pornôs:

>> E quando todos pensaram que os vídeos da semana só iriam até ali, veio quinta (31) com Eduardo Bolsonaro fazendo uma ameaça: se a esquerda radicalizar, o governo adotar um novo AI-5.

>> Outro assunto que dominou as redes na quinta (31) e na sexta-feira (1º) foi a entrevista de Ciro Gomes que o Congresso em Foco publicou com exclusividade. O ex-governador voltou sua conhecida artilharia contra o PT e o ex-presidente Lula.

>> Para fechar a lista, o editor Erick Mota, responsável pelo vídeo que mostra o deputado Eduardo Bolsonaro literalmente correndo da imprensa na Câmara e que viralizou nas redes sociais nas duas últimas semanas, faz uma crítica ao comportamento do filho 03 do presidente da República. Inspirado na coluna do escritor Ruy Castro na Folha de S. Paulo, que repercutiu o assunto, Erick sugere a Eduardo que pare de correr e comece a andar na linha.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!